Protese total

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2212 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Prótese





FAPAC – Faculdade Presidente Antonio Carlos

INSTITUTO TOCANTINENSE ANTÔNIO CARLOS LTDA
ITPAC-PORTO.














RESINAS ACRÍLICAS
TERMO/AUTOPOLIMERIZÁVEL






















PORTO NACIONAL,
2011





FAPAC – Faculdade Presidente Antonio Carlos

INSTITUTO TOCANTINENSE ANTÔNIO CARLOS LTDA
ITPAC-PORTO.



Profº. RicardoKiyoshi Yamashita¹,
Álefhe Messias², Clarissa Menna², David Filho², Geovana Alves², Hilana Gomes² , Izabella Macedo², Luana Aires², Suiane Portilho², Thais Helena² e Walfrido Gomes².










Atividade apresentada à Disciplina de Prótese Total do Instituto Tocantinense Presidente Antonio Carlos, junto ao Professor Ricardo Yamashita, como parteintegrante dos requisitos avaliativos do 4º Período do curso de Odontologia.












1- Professor da Disciplina de Prótese Total, do ITPAC- Porto.
2- Acadêmicos do Curso de Odontologia do 4º período, do ITPAC- Porto.



PORTO NACIONAL,
2011

1. SUMÁRIO


2. INTRODUÇÃO 4
3. JUSTIFICATIVA 5
4. OBJETIVOS: 6
5. DESENVOLVIMENTO 7
5.1. HISTÓRICO 7
5.2. INTERAÇÃO PÓ –LÍQUIDO 8
6. RESINAS ACRÍLICAS TERMOPOLIMERIZÁVEL 9
6.1. Indicações: 9
6.2. Composição: 9
6.3. Polimerização: 9
7. Resina Auto Polimerizável 11
7.1. Indicações: 11
7.2. Composição: 11
7.3. Preparo: 11
7.4. Polimerização: 11
8. CONCLUSÃO 13
9. REFERÊNCIAS BIBLIOGRAFICAS 14





















2. INTRODUÇÃO


A Odontologia tem apresentadoavanços científicos notáveis na reabilitação da saúde bucal de pacientes parcial ou totalmente desdentados, principalmente após o desenvolvimento de novas técnicas e materiais, bem como na execução de novos procedimentos laboratoriais para confecção de próteses.
As resinas acrílicas é o material mais comumente utilizado para a confecção da base para próteses totais, quando processadaadequadamente, apresenta boas propriedades físicas e de biocompatibilidade. Este polímero foi escolhido com base na disponibilidade, estabilidade dimensional, característica de manipulação, cor e compatibilidade com os tecidos orais. Elas constituem 98% dos materiais comercializados para confecção de base de próteses, pois é o que mais oferece propriedades para o uso odontológico.3. JUSTIFICATIVA


A estimativa do Brasil para 2020 é de ter uma boa parcela de indivíduos parcialmente ou totalmente desdentada, necessitando de aparelhos protéticos. Nessas reabilitações o material mais empregado para base individual são os polímeros, ou seja, a resina acrílica.
As resinas acrílicas devem seguir algunsrequisitos básicos para ser bem empregada em odontologia e em prótese total, tais como: ser insípida, inodora, não tóxica, não irritante aos tecidos bucais, insolúvel na saliva ou qualquer outro fluido corpóreo. Além disso, devem também ter um comportamento estável em termos dimensionais e manter suas características estéticas.4. OBJETIVOS:


4.1. Geral: A proposição deste trabalho foi avaliar as propriedades das resinas acrílicas empregadas à prótese total por ser o polímero mais utilizado.


4.2. Específicos: Especial atenção aos sistemas de processamento individual, composição, indicações, precauções destes dois tipos de resina. E ainda às diferenças entre os processos de polimerização daresina autopolimerizável e termopolimerizável.











































5. DESENVOLVIMENTO



5.1. HISTÓRICO



Desde a metade dos anos 40, a maioria das placas-bases de próteses totais tem sido confeccionada com as resinas acrílicas, pois são plásticos resilientes formados pela união de múltiplas moléculas de metacrilato...
tracking img