Ensaio acerca do entendimento humano

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2595 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ENSAIO SOBRE O ENTENDIMENTO HUMANO:
Uma tradução inédita 1

John Locke
Orientadores: Prof. Dr. Emanuel Angelo da Rocha Fragoso
Prof. Dr. Expedito Passos

1.0 Introdução

John Locke nasceu em 29 de agosto de 1632, na pequena cidade de Wrington, Inglaterra,
vindo a falecer em 1704. Foi criado em Pensford, nas proximidades de Bristol. Sua família era
da linha puritana da religiãoanglicana. Estudou inicialmente na Westminster School
transferindo-se posteriormente para o Christ Church College de Oxford, considerado como centro
de cultura mais moderno da Inglaterra da época. Fora esta instituição que fê-lo entrar em contato
com o pensamento de John Owen (1616-1683) e Descartes (1596-1650), que o influenciaram em
sua trajetória filosófica. Locke atuou ainda nos campos demedicina, filosofia, teologia, anatomia
e política. Deste último, deve ao Sir Walter Vane a Brandenburg sua inserção em 1665, no campo
político como secretário para a Apresentação de Benefícios, cuidando, pois, de todos os
problemas eclesiásticos. Como médico chamou a atenção de Lord Anthony Ashley Cooper
(1621-1683). Na França, fora secretário do Conselho do Comércio e Agricultura (Council of
Tradeand Plantations) que Ashley havia criado. Devido ao Lord Ashley ter direitos de
propriedade na Carolina, Estados Unidos, Locke participou da elaboração de uma constituição
para aquele futuro estado americano. Nesta época começa também a redigir o que seria o Ensaio
Sobre O Entendimento Humano, no que trabalhou por mais de 20 anos. Após quatro anos na
1

Este artigo é parte integrante doPROJETO JOHN LOCKE, vinculado ao CURSO DE MESTRADO ACADÊMICO EM
FILOSOFIA DA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO CEARÁ –UECE, coordenado pelos Professores Dr. Emanuel Angelo da
Rocha Fragoso e Dr Expedito Passos. São membros do Projeto os discentes em graduação em Filosofia da UECE,
Andréa Cristina Benigno Dantas, Clarissa Duarte Collares, Jane Honorato de Aquino, Marsana Kessy Araújo Lima,
Raquel de AraújoCamurça e Suzana Clara Ribeiro Macambira.

França, torna-se membro atuante da Revolução Burguesa Gloriosa, movimento político que levou
ao trono da Inglaterra Guilherme de Orange, refugiando-se na Holanda. Nesses anos, Locke
publicou muitas de suas principais obras como Carta Sobre A Tolerância, Os Dois Tratados
Sobre O Governo Civil e o Ensaio sobre o Entendimento Humano. Também são de suaautoria as
obras: O Primeiro Tratado Sobre O Governo Civil, Alguns Pensamentos Sobre A Educação
(1693), Racionalidade do Cristianismo (1695), Ensaio Sobre A Tolerância (1667), Algumas
Considerações Sobre Reduzir Os Juros E O Aumentar O Valor Da Moeda (1668), entre outras.
Locke é considerado um dos pais e percussores do empirismo inglês, deixando um legado
expressivo não somente no campofilosófico, mas também no moral, político e até pedagógico.
Sobre o desenvolvimento do empirismo, Locke representa um progresso em confronto com os
precedentes: no sentido de que a sua gnosiologia não é dogmaticamente acompanhada de uma
metafísica mais ou menos materialista. Crítico do pensamento racionalista fundamentado nas
idéias inatas de cunho idealista, tão vigente na filosofia européia doséc. XVII. Propõe então, uma
teoria do conhecimento, admitindo, pois, toda a importância atribuída à experiência, ou seja, aos
sentidos que formulam a noção de idéia através da reflexão do individuo. Apesar de ser
racionalista, acreditava na revelação divina. Achava que a existência de Deus podia ser provada
racionalmente. Locke foi ainda um dos primeiros dos tempos modernos a se ocupar com aquestão dos papéis sexuais, expressando pensamentos liberais que só vieram a florescer durante o
Iluminismo francês, influencia tal movimento de caráter libertador também por ter sido o
primeiro a propagar o princípio da divisão de poderes. Montesquieu (1689-1775) inspirou-se nele
para formular a teoria da separação dos três poderes. A mesma influência encontra-se nos
pensadores americanos...
tracking img