Principios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (686 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FILIPENSES 3
Para muitos o inicio deste capitulo é apenas um tratado apologético, uma defesa da fé cristã, mas Paulo faz aqui uma declaração de fé, de amor, de reconhecimento, um testemunho detransformação de uma vida, que foi cheio da presença de Cristo

1 – RECONHECIMENTO DO QUE REALMENTE IMPORTA
O apóstolo Paulo ao longo de seu ministério sempre enfrentou duras críticas de falsos mestresjudaizantes que ensinavam ser necessário que o povo de Deus novamente se submetesse ao que o apóstolo chamou de "jugo de escravidão" (Gl 5.1), ou seja, ser necessário guardar a lei civil e cerimonialdo antigo testamento, em especial a circuncisão. A estes o apóstolo chamou de "cães" e "maus obreiros" (v. 2). Em geral, os falsos mestres confiavam demais na sabedoria humana que provém da carne, epor tal motivo o apóstolo defende que "se qualquer outro pensa que pode confiar na carne, eu ainda mais" e lista uma série de vantagens que ele possuía dentro da religião judaica...
1a – O QUE ÉLUCRO PARA O MUNDO É PERDA PRA DEUS
Paulo tinha todo o respeito e poder que um rabino almejaria ter dentro da sociedade daquela época, mas considerou todas estas coisas "como refugo (lit. esterco), paraganhar a Cristo" (v. 8). E, obviamente, havia razões para isso.

2 – RECONHECIMENTO DA SUBLIMIDADE DE CRISTO
2a. PAULO AMAVA A CRISTO MAIS DO QUE TUDO.
O apóstolo abriu mão do mundo não porconstrangimento, mas sim por amor. Por isso ele escreveu "por amor do qual perdi todas as coisas" (v. 8). Certa vez Jesus falou: "Se alguém vem a mim e ama o seu pai, sua mãe, sua mulher, seus filhos, seusirmãos e irmãs, e até sua própria vida mais do que a mim, não pode ser meu discípulo" (Lc 14.26). É justamente esse amor que Cristo espera de nós! Quando deliberadamente e conscientemente optamos porfazer aquilo que não o agrada sem que isso não nos cause nenhum constrangimento, demonstramos que amamos mais ao pecado do que a Cristo.
2b. PAULO ENTENDIA QUE O CONHECIMENTO DE CRISTO JESUS ERA...
tracking img