Principais reis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1699 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PRINCIPAIS REIS
Clóvis I, foi o primeiro rei dos francos a unir totalmente a nação bárbara. O legado de Clóvis é bem estabelecido em em três grandes atos: a unificação da nação franca, sua conquista da Gália, e sua conversão ao catolicismo. Pelo primeiro ato, ele assegurou a influência de seu povo amplos assuntos, algo que um rei regional insignificante não acompanharia. Pelo segundo ato, eleassentou as fundações de um posterior estado-nação: a França. Finalmente, pelo terceiro ato, ele fez de si mesmo o aliado do papado e seu protetor assim como de seu povo, que era na maioria católico.
Com exceção desses atos de importância mais que nacional, a divisão do estado, não feita junto com linhas nacionais ou até mesmo geográficas, mas principalmente para assegurar rendimento equivalenteentre os filhos, após sua morte, o que pode ter ou não sido sua intenção, foi a causa da maioria das discórdias na Gália e contribuiu no final das contas para a queda de sua dinastia, o que foi um padrão repetido constantemente. Clóvis não deixou como herança para seus herdeiros o suporte que o povo e a Igreja forneciam, e quando finalmente a nobreza estava pronta para abolir a casa real merovíngia,a sanção do papa foi procurada primeiro.

Carlos Martel expandiu seu domínio sobre os três reinos francos: Austrásia,Nêustria e Borgonha. É mais lembrado por ter vencido a Batalha de Poitiers (ou batalha de Tours) em 732, tradicionalmente considerada a ação que salvou a Europa do expansionismo muçulmano que já havia conquistado a Península Ibérica; a partir de então não houve mais invasõesmuçulmanas nos territórios francos, e a vitória de Carlos é considerada decisiva para a história mundial na medida em que preservou a Europa ocidental da islamização.[1]
Embora inicialmente lembrado simplesmente como o líder do exército cristão que prevaleceu em Tours, Carlos Martel foi um verdadeiro gigante do início da Idade Média. Um general brilhante numa época privada desse talento, ele éconsiderado o pai da cavalaria pesada ocidental, das ordens de cavalaria e fundador do Império Carolíngio (nomeado a partir de Carlos Magno, seu neto), e um catalisador para o sistema feudalque acompanharia a Europa através da Idade Média. (Embora descobertas acadêmicas recentes sugiram que ele era mais um dos beneficiários do sistema feudal que um agente causador das mudanças sociais).
Foi prefeito dopalácio (ou seja, responsável pela administração sob o Rei) do Reino Franco do Oriente, a partir de 717. Em 731 tomou as rédeas da totalidade do Reino. Recebeu do Papa Gregório III o título de Herói da Cristandade.

Pepino III, também conhecido como Pepino, o Breve é mais conhecido por ter sido o pai de Carlos Magno e filho de Carlos Martel. Ele continuou o trabalho de formação da cavalariapesada que seu pai havia começado. Ele manteve o exército permanente que seu pai achava necessário para proteger o reino e que formou o , a principal arma de seus exércitos nos tempos de guerra. Ele não apenas manteve a política de seu pai de contenção dos mouros, como os expulsou para além dos Pirenéus com a conquista de Narbonne. Ele deu continuidade à expansão iniciada por seu pai da igreja franca(missionários trabalharam na Alemanha e na Escandinávia) assim como à infra-estrutura (feudalismo) que se tornaria a espinha dorsal da Europa medieval. Seu governo, mesmo não sendo tão grandioso quanto o de seu pai e seu filho, foi historicamente importante e muito benéfico para os francos como um povo. Pode-se obviamente argumentar que a ascensão de Pepino à coroa, assim como seu título depatrício de Roma, foram precursores da coroação imperial de seu filho que é habitualmente vista como sendo a fundação do Sacro Império Romano-Germânico. Ele certamente fez dos carolíngios de jure o que seu pai havia feito de facto - a dinastia governante dos francos e o poder principal da Europa. Mesmo não sendo conhecido como um grande general, ele jamais foi derrotado em batalha.

Carlos Magno...
tracking img