Preconceito racial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2720 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

Nosso trabalho vai relatar o preconceito racial nas empresas, histórias de pessoas bem sucedidas que apesar das humilhações e dificuldades conseguiram alcançar um objetivo em comum, mostraremos alguns depoimentos como exemplo. No decorrer do trabalho podemos perceber detalhes que estão tão enraizados na nossa sociedade e que muitas vezes esquecemos que é discriminação, poisacostumamos a viver em um “sistema” extremamente preconceituoso, em um sistema em que os valores estão profundamente enraizados, e somos incapazes de pensar no outro como um ser igual, um ser que se submete a falhas e que tem defeitos gravíssimos, porém quando nos vemos na posição do outro não conseguimos tolerar e a nossa primeira atitude é de indignação diante do novo.

DESENVOLVIMENTODefinições de racismo:
• O racismo é a tendência do pensamento, ou do modo de pensar em que se dá grande importância da existência de raças humanas distintas e superiores uma às outras.
• O racismo não é uma teoria científica, mas um conjunto de opiniões pré-concebidas onde a principal função é valorizar as diferenças biológicas entre os seres humanos, em que alguns acreditam seremsuperiores aos outros de acordo com sua matriz racial.
Raça: é um conceito usado vulgarmente para caracterizar diferentes tipos de população de uma espécie biológica para suas características fenotípicas (ou físicas)
Etnia: Uma pesquisa da UNICAMP realizada em 2005, identificou 125 tons diferentes de pele no Brasil, e a casa 2 anos surgem mais 4 tons diferentes.Existem 11 tipos étnicos que representam as variações de pele encontradas no nosso país, são elas:

- Pele muito clara.
- Pele clara bege.
- Pele clara amarela ou oriental clara.
- Pele clara rosada.
- Pele morena rosada ou oriental rosada.
- Pele morena ou oriental morena.
- Pele morena escura/ bronzeada ou oriental bronzeada oumestiça.
- Pele mulata amarela.
- Pele mulata escura.
- Pele negra amarela.
- Pele negra escura.

O geógrafo Aroldo de Azevedo classificou as raças no país como sendo:
Preto: Atualmente chamado de afro-brasileiro, o escavo, dividido em varias raças como o banto, banguela, congo e negro da terra.

Branco: O Europeu imigrante parao Brasil.
Índio: Dividido em várias nações
Mulato: oriundo do cruzamento de branco com negro
Caboclo: oriundo do cruzamento de branco com índio
Cafuz ou Cafuzo: Oriundo do cruzamento de índio com negro
Cabra: Oriundo do cruzamento de mulato com negro.

Filosofia do racismo
Um grupo social dominante seja em aspectos econômicosou numéricos, sente a necessidade de se distanciar de outro grupo que, por razões históricas, possui tradições ou comportamentos diferentes A partir daí, esse grupo dominante constrói um mito sobre o outro grupo, que pode ser relacionado á crença de superioridades ou iniqüidade.

História
O racismo tem assumido formas muito diferentes ao longo da história. Na antiguidade, asrelações entre povos eram sempre de vencedor e cativo. Estas existiam independentemente da raça, pois muitas vezes povos de mesma matriz racial guerreavam entre si e o perdedor passava a ser cativo do vencedor.
Quando houve os primeiros contatos entre conquistadores portugueses e africanos, no século XV, não houve atritos de origem racial.
No entanto, quando os europeus, noséculo XlX, começaram a colonizar o continente Negro e as Américas, encontraram justificações para impor aos povos colonizados as suas leis e formas de viver. Uma dessas justificações foi à idéia erronia de que os negros e os índios eram “raças” inferiores e passaram a aplicar a discriminação com base racial nas suas colônias, para assegurar determinados direitos aos colonos europeus.
Os...
tracking img