Preconceito racial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3942 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RECÔNCAVO DA BAHIA – UFRB
CENTRO DE ARTES, HUMANIDADES E LETRAS – CAHL

PRECONCEITO RACIAL

Camila Menezes[1]
Fernanda Letícia[2]
Luana Gabriele[3]
Yanna Soares[4]
Queila Patrícia[5]
Tamires Santos[6]


Resumo:

O presente artigo tem como objetivo discutir a temática do preconceito racial, diferenciando os conceitos fundamentais(racismo, preconceito racial e discriminação) que em sua maioria confunde os leitores leigos sobre o assunto. O texto enfatiza o preconceito racial que ocorre nas escolas brasileiras, já que esse problema é no mínimo contraditório, pois o ambiente escolar deve promover a igualdade e a tolerância e não ser espaço para conceitos pré- concebidos e discriminação. Vale ressaltar que ao longo de nossahistória, na qual a colonização se fez presente, a escravidão contribuiu para o sentimento de inferioridade do negro brasileiro, sendo o próprio preconceito resultado desse mesmo processo.

Palavras- chave: Preconceito. Raça. Escola

Introdução:
Como discutir preconceito racial num país onde ninguém se reconhece como preconceituoso, mas ao mesmo tempo todos concordam que existe preconceito nopaís? Esse é o Brasil, país dos preconceitos muitas vezes velado, outras escancarados.
Mas antes de aprofundar o tema preconceito racial, é preciso diferenciar os conceitos de raça e preconceito.
Dunn (1972, p.8) define raça como, “(...) subdivisões biológicas de uma espécie única, Homo Sapiens, dentro da qual as características hereditárias comuns a toda espécie ultrapassam de longeas diferenças relativas e mínimas que separam as subdivisões”.
Para Ferreira raça,


É o conjunto de indivíduos, cujos caracteres somáticos, tais como a cor da pele, conformação do crânio e do rosto, o tipo de cabelo e outros traços, são semelhantes e se transferem, por hereditariedade, conquanto variem de pessoa para pessoa. Também apresenta outros significativos entre osquais, o conjunto de indivíduos com origem étnica, lingüística ou social comum. (p. 298)

Preconceito é um conceito pré- concebido, que não leva em conta os fatos que os conteste. De acordo com o site de Etimologia a palavra “preconceito” deriva de “pré”, “antes, à frente”, mais “conceito”, ou seja, “fazer uma escolha ou emitir uma opinião antes de conhecer os fatos”. Para Crochik ( 1997), opreconceito não é uma característica genética do ser humano, é pelo contrário, resultado da socialização. Esta resulta do processo cultural e da história que lhe é própria. Ele afirma que desde pequenos somos induzidos a acreditar que o diferente é ameaçador e para nos proteger devemos rejeitá-los.
O preconceito é a soma de várias atitudes que provocam, ajudam ou trazem justificativas paraa discriminação. É graças a ele que nasce o racismo.
O racismo é definido por Soares (1998) como: “A teoria que estabelece que certos povos ou nações são dotados de qualidades psíquicas e biológicas que os tornam superiores a outros seres humanos.”
A partir dos conceitos apresentados é possível falar sobre preconceito racial, mais especificamente nas escolas brasileiras, e um poucode sua história sem confundi-lo com racismo.

Preconceito racial no Brasil: Como e quando surgiu?

A sociedade brasileira é caracterizada por uma grande diversidade étnica, sendo esta, resultado de um processo histórico que inseriu num mesmo cenário três grupos diversos: portugueses, índios e negros de origem africana. Esse processo favoreceu o contato dessas culturas, levando àconstrução de um país miscigenado. No entanto esse contato na maioria das vezes não foi dos mais amistosos. As diferenças se acentuaram, levando à formação de uma hierarquia de classes que deixava os colonizadores em situação de superioridade em relação aos colonizados. Em especial os negros e índios foram os mais excluídos. Os desfavorecidos não tiveram o devido apoio dos órgãos responsáveis. E essa...
tracking img