Pre projeto de tcc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2006 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sistema de Ensino Presencial Conectado
gestão ambiental

Sistema de Ensino Presencial Conectado
gestão ambiental

everson maciel da costa

everson maciel da costa

residuos de serviços de saúde – rss:
Resíduos hospitalares

residuos de serviços de saúde – rss:
Resíduos hospitalares

Ibaiti
2011

Ibaiti
2011

everson maciel da costa

everson maciel da costa

residuos deserviços de saúde – rss:
Resíduos hospitalares

residuos de serviços de saúde – rss:
Resíduos hospitalares

Trabalho apresentado ao Curso de Gestão Ambiental da Universidade Norte do Paraná – UNOPAR, para a disciplina Estágio Curricular Obrigatório.

Prof. Ewerton de Oliveira Pires

Trabalho apresentado ao Curso de Gestão Ambiental da Universidade Norte do Paraná – UNOPAR, para adisciplina Estágio Curricular Obrigatório.

Prof. Ewerton de Oliveira Pires

Ibaiti
2011
Ibaiti
2011

SUMÁRIO
1 INTRODUÇÃO 3

2 JUSTIFICATIVA 5

3 REFERENCIAL TEORICO 6
3.1 topico 01 6
3.2 topico 02 6
3.3 topico 03 7

4 OBJETIVOS 8
4.1 Objetivo geral 8
4.2 Objetivo específico 8

5 MATERIAL E METODOS 9
5.1 Area de estudo 9
5.2 Coleta de dados 9
6 Cronograma deexecução 10

7 REFERÊNCIAS 11

INTRODUÇÃO
O tema abordado no presente trabalho consiste na observação do trabalho realizado em unidade de saúde, ou melhor, unidade hospitalar em respeito aos resíduos produzidos pela mesma. Neste trabalho será abordada a forma como é feito o tratamento do resíduo produzido pelo hospital, sua coleta e assim como sua disposição final.
O lixo é um graveproblema atualmente, no que diz respeito à proteção ambiental, pois ele é um dos maiores causadores de degradação ambiental. O lixo hospitalar entra nesse bloco como além de poluidor ambiental, como um problema, pois quando não obtém uma finalidade ideal, além de poluir o meio ambiente, ele pode causar sérios danos à saúde humana.
Os resíduos produzidos pela unidade de saúde podem ser classificados emvários grupos de acordo com a RDC ANVISA nº 306/04 e Resolução CONAMA no 358/05, sendo eles:
Grupo A: componentes onde há possibilidade de existir agentes biológicos, exemplos: placas e laminas de laboratório, carcaças, peças anatômicas, tecidos, bolsas transfusionais contendo sangue, dentre outras.
Grupo B: são aqueles que contem substancias químicos, que podem apresentar riscos à saúde e meioambiente, dependendo de suas características de inflamabilidade, corrosividade, reatividade e toxidade. Exemplos: medicamentos, reagentes de laboratório, resíduos contento metais pesados, dentre outros.
Grupo C: materiais resultantes de atividades humanas que contenham radionuclídeos em maior quantidade que o tolerado, por exemplo: serviços de medicina nuclear e radioterapia, etc.
Grupo D:esses não apresentam risco biológico, químico ou radiológico à saúde ou ao meio ambiente, podendo ser comparados aos resíduos domiciliares.
Grupo E: materiais perfuro-cortantes ou escarificantes, como: laminas de barbear, agulhas, ampolas de vidro, pontas diamantadas, lâminas de bisturi, lancetas, espátulas e outros similares.
Sendo assimpodemos entender que os resiudos hospitalares se encaixam emtodos os grupos apresentados acima, e quando não feito a disposição final adequadamente causam danos à saúde e ao meio ambiente, sendo classificado como crime ambiental, conforme Art. 54 da Lei 9.605, onde assim esta descrito: “Causar poluição de qualquer natureza em níveis tais que resultem ou possam resultar em danos à saúde humana, ou que provoquem a mortandade de animais ou a destruiçãosignificativa da flora.”
Enfim, a observação e consequentemente a produção do presente trabalho é de suma importância de um Gestor Ambiental, pois dele se da a orientação necessária para a compreensão de determinado tema de forma mais aprofundada. Fora disso, é muito importante para que qualquer pessoa tenha um conhecimento de referido tema, pois isso leva as pessoas a conhecer melhor as finalidades...
tracking img