Politicas sociais e meio ambiente

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1326 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]




SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
CURSO SUPERIOR SERVIÇO SOCIAL




JIRLENE PIRES BRITO CARDOSO












POLÍTICA SOCIAL E MEIO AMBIENTE.



















Vitória da Conquista-Ba
2010






JIRLENE PIRES BRITO CARDOSO











POLÍTICA SOCIAL E MEIO AMBIENTE.Trabalho apresentado ao Curso Superior de Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Políticas Sociais II - Modulo V.


Orientadora: Profª. Maria Angela Santini.

















Vitória da Conquista – BA

2010






SUMÁRIOINTROCUÇÃO............................................................................................................4



DESENVOLVIMENTO 1.............................................................................................. 5



DESENVOLVIMENTO 2.............................................................................................. 6



CONCLUSÃO............................................................................................................. 7



REFERÊNCIAS ......................................................................................................... 8











Introdução:






É crescente o número de instituições que congregam pessoas dedicadas à prestação de serviços, com remuneração ou sem finalidade lucrativa, voltados à educação ecológica para uma vidasustentável. As entidades de interesse social ou do Terceiro Setor, como são conhecidas, além da expansão numérica também têm se especializado bastante em respeito à natureza viva, exigindo de nós, Assistente Social com seu projeto político profissional, como formulador de políticas públicas, possibilitando ao cidadão a capacidade crítica para modificar sua própria realidade, como líderes e formadores deopinião, empenho e dedicação para os cuidados e providências enérgicas, para redução dos poluentes e da degradação ao Meio Ambiente, que hoje mostram nas alarmantes estatísticas. Os crimes ambientais que mais tem ocorridos são os lançamentos de resíduos sólidos, líquidos ou gasosos, ou detritos, (lixo que não é lixo), óleos ou substâncias oleosas, em desacordo com as exigências estabelecidas em leisou regulamentos. A principal função do trabalho com o meio ambiente para uma vida sustentável é contribuir para formação de cidadãos conscientes, capaz de discernir os padrões e estabelecer conexões, pois, a crise ecológica é uma crise da educação e não apenas na educação, toda educação é educação ambiental.










Desenvolvimento:

Diante dessa realidade, apresento o Projeto dePolíticas de Inovações para o Meio Ambiente, devido à necessidade urgente de ações que se reverta o quadro crescente da poluição existente, para uma nova ética do comportamento, do cuidado e da responsabilidade social e ambiental, e ainda, corrigir, melhorar e alcançar uma vida sustentável através da alfabetização ecológica, da educação inclusive ensinar e conscientizar os nossos descendentes,pois, só nos resta unir forças e abraçar a causa com todas as ferramentas no combate aos danos e crimes ambientais. Assunto que incomoda o mundo inteiro. Já podemos contar com a lei regulamentadora da função social e princípios do direito ambiental, (Lei 9.605/98: Lei de Crimes Ambientais); emanada pela Lei de Responsabilidade Civil nº 6.938/1981, Art. 14 §10, objetivando punir os agressores queprovocarem danos ou atos degradador ao meio-ambiente.

Da união de esforços entre Políticas Publicas do Governo Brasileiro e a Sociedade, num pacto Global, baseado em Metas do Milênio, (Protocolo de Kyoto), diante dos Planos e Conferências Nacionais de Meio Ambiente, utilizar e participar de todos dos meios afins, com as ferramentas técnicas e científicas adequadas, acoplado a Agenda 21, da...
tracking img