Politica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 4 (1000 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O povo não gosta muito de política e isso é fato, basta ver o resultado de algumas eleições.
não valorizamos o voto nesses representantes, o que faz deles, em minha opinião, parlamentares ocos. Senão sabemos porque votamos, como criticá-los por não fazer o que queremos? Ainda assim, nem nos damos ao “trabalho” de fiscalizarmos as suas ações, muito menos somos contrutivos.
Esse“desconhecimento” e “desinteresse” pela política é que faz nossos candidatos serem tão ruins. Sou contra votar nulo, da mesma forma que sou terrivelmente contra o voto obrigatório. Para mim, são duas imbecilidades.Não acredito na principal tese dos que anulam o voto, a de que eles não se identificam com nenhum candidato, por isso preferem anular o voto a declarar sua preferência pelo “menos pior”. Qual o problemacom essa tese?
Em qualquer eleição ganha o candidato que obtiver 50% dos votos e mais 1 eleitor. Vamos falar em um universo de 100 milhões votos. Os votos brancos e nulos não entram na conta, ok?Então, se 20 milhões de pessoas anulam o seu voto ou votam em branco, ao invés do candidato precisar de 50 milhões + 1 para ganhar, ele precisará de 40 milhões + 1. E será eleito por, aproximadamente, 35%dos eleitores, pouco mais que um terço do eleitorado.
Conversando com um político de peso ouvi a seguinte frase: “o povo não vota errado, somos nós que não sabemos orientá-lo”. Ele até que não estáerrado, a democracia brasileira é muito jovem, tem pouco mais que vinte anos e o maior problema é que quando votamos “errado” leva-se muito tempo para corrigir o rumo.
creio que apenas os anos trarãopolíticos mais empenhados em resolver os problemas daqueles que os elegem. Brasília fica muito longe da realidade do Brasil e isso dificulta as coisas.
Enquanto isso sugiro a todos que se politizem,tanto faz para qual partido ou candidato, mas não se alienem.
O façam com respeito e educação, aos que não vieram com isso de fábrica, finjam que vieram. Comecem pelos seus vereadores, escolha...
tracking img