Plantio direto influenciando o sequestro de carbono e o efeito estufa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2462 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO FEDERAL SUDESTE DE MINAS - IFET

PLANTIO DIRETO INFLUENCIANDO O SEQUESTRO DE CARBONO E O EFEITO ESTUFA


INTRODUÇÃO

As expectativas não são das melhores: até o final deste século, a temperatura global deve subir de 1,5º a 4,5º C, segundo especialistas. É o suficiente para elevar o nível do mar, provocar grandes enchentes, secas, tornados, ciclones, maremotos e a proliferação deinsetos.
A causa desse cenário é o efeito estufa. Ele por si só, é benéfico, mas o que se tem, atualmente, é um aumento exagerado da emissão de gases responsáveis pelo efeito estufa, como o dióxido de carbono ou gás carbônico (CO2), o metano (CH4), o óxido nitroso (N2) e o ozônio (O3). E alguns dos diversos fatores que contribuem para isso estão intimamente relacionados com a forma de uso daterra.
Por volta 1970 a erosão do solo no Brasil era tanta que ameaçava inviabilizar a agricultura. Com as chuvas, as camadas férteis eram arrastadas, assoreando os rios. Um agricultor foi estudar o assunto com a Missão Agrícola Alemã e descobriu que na Inglaterra e nos Estados Unidos já havia uma tecnologia de preparo mínimo do solo que passou a ser chamada no Brasil de plantio direto. O plantiodireto é o divisor de águas da agricultura brasileira.
No plantio direto, foi descoberto que a concentração de carbono no solo teve um aumento significativo após cinco anos de manejo já no plantio convencional, o teor de carbono permanece praticamente o mesmo. Tão importante quanto ‘resgatar’ o CO2 da atmosfera é mantê-lo no solo.

O PLANTIO DIRETO

O plantio direto é um sistema diferenciadode manejo do solo, visando diminuir o impacto da agricultura e das máquinas agrícolas (tratores, arados, etc) sobre o mesmo.
No sistema tradicional de cultivo, todo ano o agricultor tem que fazer uma nova aração. Assim, o solo fica exposto por um longo período, até que a cultura a ser plantada se estabeleça na terra. Depois do arado, o costume é passar a grade e a lâmina niveladora. Assim, oterreno fica todo remexido, escarificado, frágil e nenhuma proteção. No plantio direto, o preparo do solo acontece uma única vez. Depois, o terreno fica sempre coberto com uma cobertura que se formou com a sucessão de lavouras.
A utilização do plantio direto no lugar dos métodos convencionais tem aumentado significativamente nos últimos anos. Por ele manter a palha e os demais restos vegetais deoutras culturas na superfície do solo garante cobertura e proteção do mesmo contra processos danosos, tais como a erosão. O solo só é manipulado no momento do plantio, quando é aberto um sulco onde são depositadas sementes e fertilizantes. Não existe nenhum método de preparo do solo. Também é muito importante para o sucesso do sistema que seja utilizado a rotação de culturas.
Os danos ambientaisnesse modelo são muito menores que os de 20 ou 30 anos atrás. A toxicidade dos produtos diminuiu. Com o terreno sempre coberto de palha, a absorção é maior e há menor arrasto de material para os cursos d’água. Os benefícios do não revolvimento do solo com grades e arados, da rotação de culturas e da manutenção constante da palhada como cobertura de solo com a semeadura direta na palha da cultura dasafra anterior - os três princípios básicos da técnica - já superam a conservação do solo, preservando os nutrientes do solo, aumentando a produtividade da lavoura.
No manejo tradicional, em que há o uso intensivo de mecanização e de agroquímicos, a produtividade caiu ao longo dos anos, com baixa sustentabilidade e evidências de degradação e erosão do solo. Já no plantio direto, com a mecanizaçãoreduzida e com o controle de agroquímicos, houve aumento da produtividade, com alta sustentabilidade, tendo sido também considerado um método economicamente competitivo, pois permite não apenas melhorar a produtividade das culturas, incorporando matéria orgânica, mas principalmente reduzir a erosão do solo e a emissão dos gases de efeito estufa.
Além de controlar o efeito estufa, a matéria...
tracking img