Plantas medicinais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1581 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

Plantas Medicinais

Conceito
Plantas medicinais são aquelas que podem ser usadas no tratamento ou na prevenção de doenças. Toda planta medicinal tem no mínimo um princípio ativo, que é a substância responsável pelo efeito curativo. É interessante notar que para o efeito medicinal existir, deve estar presente o princípio ativo, mas é também muito importante o que se chama defitocomplexo (conjunto de todas as substâncias presentes na planta como vitaminas e sais mineirais, e que agem juntamente com o princípio ativo, melhorando o efeito. A explicação para essa melhora do efeito é que as demais substâncias podem facilitar a absorção e o aproveitamento do princípio ativo pelo organismo.
Apesar de o homem usar plantas medicinais desde milhares de anos antes de Cristo emuitas delas serem conhecidas no mundo todo, ainda há uma enorme quantidade de plantas sobre as quais a Medicina sabe muito pouco ou mesmo nada conhece; algumas são usadas por índios e camponeses e, futuramente, talvez o tratamento para muitas doenças hoje incuráveis venha dessas plantas.
São plantas que contêm substâncias bio-ativas com propriedades terapêuticas, profiláticas ou paliativas. Asplantas medicinais são utilizadas pela medicina atual (fitoterapia) e suas propriedades são estudadas nos laboratórios das empresas farmacêuticas, a fim de isolar as substâncias que lhes conferem propriedades medicinais (princípio ativo) e assim, produzir novos remédios. A utilização das plantas como medicamento provavelmente seja tão antiga quanto o aparecimento do próprio homem. A evolução da artede curar possui numerosas etapas, porém, torna-se difícil delimitá-las com exatidão, já que a medicina esteve por muito tempo associada a práticas mágicas, místicas e ritualísticas. .

Exemplos de plantas medicinais

Aipo: Planta medicinal com efeito diurético, utilizada em caso de cistite, pode ser utilizada em forma de infusão à base de grãos.

Borragem: Planta medicinalutilizada para tratar e apaziguar diversos problemas de pele

Capim-limão: Planta medicinal utilizada em uso interno como sedativo e digestivo e em uso externo contra as picadas de insetos.

Hortelã: Planta Medicinal com propriedades digestivas e aromáticas, pode ser utilizada principalmente em infusão

Maconha: "Planta Medicinal" com efeito psicotrópico e antiemético, pode ser encontrada emdeterminados países (Canadá ou EUA)

Fitoterapia
É um método de tratamento caracterizado pela utilização de plantas medicinais, em suas diferentes preparações, sem a utilização de substâncias ativas isoladas. A fitoterapia deve ser usada sob orientação de um profissional reconhecido.
A fitoterapia é considerada uma especialidade médica, que é tratada na área da medicinaalopática, ao contrário da homeopatia e da acupuntura, que são terapias alternativas. Diversas pesquisas científicas realizadas comprovam que o “tratamento vegetal” oferece soluções eficazes e mais baratas para o tratamento de doenças. A fitoterapia é comumente utilizadas no combate doenças infecciosas, disfunções metabólicas, doenças alérgicas e traumas diversos.

Benefícios
As plantasmedicinais possuem como função ajudar no combate e tratamento de algumas doenças, melhorando conseqüentemente a saúde do indivíduo.
Há uma grande quantidade de plantas medicinais, em todas as partes do mundo, utilizadas há milhares de anos para o tratamento de doenças, através de mecanismos na maioria das vezes desconhecidos. O estudo desses mecanismos e o isolamento do princípio ativo (asubstância ou conjunto delas que é responsável pelos efeitos terapêuticos) da planta é uma das principais prioridades da farmacologia.
Muitas substâncias presentes nessas ervas são motivos de estudo e fabricação de remédios em várias áreas como Diabetes, Colesterol, Problemas do Coração, Obesidade, Insônia entre outras.
A maioria da população brasileira utiliza-se dos benefícios...
tracking img