Plantas medicinais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (449 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
O conhecimento sobre plantas medicinais simboliza muitas vezes o único recurso terapêutico de muitas comunidades e grupos étnicos. O uso de plantas no tratamento e na cura de enfermidades é tãoantigo quanto à espécie humana. Ainda hoje nas regiões mais pobres do país e até mesmo nas grandes cidades brasileiras, plantas medicinais são comercializadas em feiras livres, mercados populares eencontradas em quintais residenciais. As observações populares sobre o uso e a eficácia de plantas medicinais contribuem de forma relevante para a divulgação das virtudes terapêuticas dos vegetais,prescritos com frequência, pelos efeitos medicinais que produzem, apesar de não terem seus constituintes químicos conhecidos. Dessa forma, usuários de plantas medicinais de todo o mundo, mantém em voga aprática do consumo de fitoterápicos, tornando válidas informações terapêuticas que foram sendo acumuladas durante séculos. De maneira indireta, este tipo de cultura medicinal desperta o interesse depesquisadores em estudos envolvendo áreas multidiciplinares, como por exemplo, botânica, farmacologia e fitoquímica, que juntas enriquecem os conhecimentos sobre a inesgotável fonte medicinal natural: aflora mundial. Grande parte dos medicamentos que estão no mercado se origina de produtos naturais, em especial, de plantas. Entre as vinte drogas mais vendidas nos Estados Unidos apenas sete não derivamdiretamente de produtos naturais. Ainda assim, estes participaram de algum momento da história farmacológica destas drogas. Naturalmente, o Brasil, com sua enorme biodiversidade, pode contribuir para odesenvolvimento de novos medicamentos produzidos a partir de plantas. O grande problema consiste em saber que parcela desse esforço de desenvolvimento caberá aos cientistas e às empresas brasileiras.Embora várias plantas estejam sendo estudada com fins terapêuticos a grande maioria não possui dados científicos que comprovem a sua eficácia e seu espectro toxicológico no homem, assim como...
tracking img