Planejamento de pequenos fazenda produtora de leite

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 65 (16123 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE MINAS GERAIS







Proposta de Planejamento e dimensionamento das atividades de produção de leite in natura, no sistema semi-intensivo, no Nordeste do estado de Minas Gerais, com o objetivo de aperfeiçoar o gerenciamento da produção de leite.

















Vilmar Pereira da Silva






Betim
2011

Vilmar Pereira da SilvaProposta de Planejamento e dimensionamento das atividades de produção de leite in natura, no sistema semi-intensivo, no Nordeste do estado de Minas Gerais, com o objetivo de aperfeiçoar o gerenciamento da produção de leite.








Monografia apresentado ao curso de graduação em Administração da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – UnidadeUniversitária Betim.

Orientador: Prof.: Mário Palhares








Betim
2011
SUMÁRIO


1.Introdução 5
1.1.Justificativa e Problematização 6
2.OBJETIVOS 8
2.1.Objetivo geral 8
2.1.1.Objetivos específicos 8
3.REFERENCIAL TEÓRICO 9
3.1.Agronegócio 9
3.1.1.Bovinocultura leiteira 9
3.2.Administração da produção 10
3.3.Produção agrícola 10
3.4.Sistemas de produção de leite 113.5.Planejamento e Dimensionamento do Rebanho: 12
3.5.1.Definição do rebanho 14
3.6.Manejo sanitário: 15
3.7.Planejamento e dimensionamento da alimentação 15
3.8.Planejamento e dimensionamento da produção de leite 19
3.9. Planejamento e dimensionamento da infraestrutura 21
4.METODOLOGIA 23
4.1 Tipos de pesquisa 24
4.2 Limitações e dificuldades 24
Gráfico 1: Evolução da produção de leite emMinas Gerais, 1990/2010. 30
Introdução


O Brasil é o sexto produtor de leite do mundo, segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA, 2003). Segundo a EMBRAPA os principais produtores mundiais já alcançaram ou estão próximo de alcançar a produção máxima por vaca e por espaço territorial disponível. Para o Brasil isto é muito bom, visto que o mesmo pode aumentar a produção porvaca e disponibilizar de espaço físico para expansão da atividade, permitindo ultrapassar os atuais líderes mundiais na produção e exportação de leite e derivados.
A produção de leite no Brasil é conhecida, interna e externamente, como pouco desenvolvida, praticada de forma amadora e improvisada. O Estado de Minas Gerais, apesar de ser o maior produtor do Brasil, possui índices de produtividadede 1482 litros/ano e 4,86 litros/dia por vaca, (EMBRAPA, 2005).
Com a globalização e liberação do mercado a competitividade tem pressionado o produtor a melhorar a produtividade do rebanho e a propriedade como um todo, através da combinação dos diversos fatores produtivos diretos, como alimentação, genética, manejo e tecnologias utilizadas para combiná-los.
Segundo Figueiró (2008), planejar edimensionar de forma adequada os fatores de produção de leite in natura é importante porque permite que o administrador da propriedade utilize de forma mais otimizada os recursos produtivos, de acordo com a necessidade, potencial produtivo dos animais e do sistema de produção escolhido.
Com a adoção do melhor sistema de produção para a propriedade, definição adequada do rebanho, alimentação emanejo adequada das matrizes o produtor poderá melhorar a produtividade por vaca, permitindo alcançar o principal objetivo da bovinocultura leiteira que, segundo Gottschall e outros (2002), consiste em alcançar a maior produção de leite/vaca/dia com o menor custo de produção possível.
Portanto, este trabalho tem como objetivo planejar e dimensionar as atividades de produção de leite in natura, nosistema semi-intensivo, no estado de Minas Gerais, com o objetivo de aperfeiçoar a produção leiteira nas propriedades rurais.



2 Justificativa e Problematização


A produção de leite é uma das principais atividades agropecuárias do Brasil. O país é um dos principais produtores mundiais de leite e derivados, representando uma grande fatia do agronegócio brasileiro, além de ter uma grande...
tracking img