Pierre bourdier

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1017 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O tema principal do texto de Pierre Bourdieu são as disputas do campo científico. Bourdieu propõe a reflexão da comunidade científica como um todo sobre suas práticas, fornecendo princípios importantes para entendermos o processo de construções das “verdades” científicas.
Dentre os assuntos discutidos a noção de campo tem-se mostrado bastante fecunda, por relacionar-se às lutas que determinadosgrupos desenvolvem pela manutenção de vantagens e posições, ou seja, pela preservação de privilégios materiais e simbólicos. Nos diferentes campos – arte, religião, ciência, educação, esporte – evidenciam-se embates entre diferentes agentes, portadores de autoridade e legitimidade diferenciadas.
Para Bourdieu o campo é o universo no qual estão inseridos os agentes e as instituições que produzem,reproduzem ou difundem a arte, a literatura ou a ciência. É um mundo social como os outros, mas que obedece a leis sociais mais ou menos específicas, distintas das leis sociais a que está submetido o macrocosmo. Todo campo é um campo de forças e um campo de lutas para conservar ou transformar o campo de forças.
Referindo-se particularmente ao campo científico, Bourdieu argumenta que a estruturadas relações objetivas entre os diferentes agentes (que são as fontes do campo) comanda os pontos de vista, as intervenções científicas, os locais de publicação, os objetos a serem investigados. É essa estrutura que vai dizer o que pode e o que não pode ser feito. É, em síntese, a posição que os agentes ocupam nessa estrutura que define ou orienta seus posicionamentos.
Como se determina essaestrutura? Segundo Bourdieu, pela distribuição do capital científico, em um certo momento, entre os diferentes agentes engajados no campo. Os maiores detentores de capital científico são certamente os pesquisadores dominantes. São eles que, em geral, indicam o conjunto de objetos importantes, ou seja, o conjunto de questões que devem importar para os pesquisadores e sobre as quais eles precisam seconcentrar de modo a serem devidamente recompensados.
Para Bourdieu existem duas espécies de capital científico: o poder institucionalizado, ligado às posições hierárquicas nas instituições científicas e ao controle dos meios de produção e reprodução, e o poder específico do prestígio pessoal, que, segundo o autor, repousa sobre o reconhecimento dos pares.
O texto de Bourdieu tem um estilo literáriocomplexo, onde ele se utiliza de um vocabulário que repulsa os novatos, no entanto, alguns dos conceitos que desenvolveu fazem parte hoje do vocabulário corrente de sociólogos ou dos que trabalham sobre o social

Intentando desvendar os usos e conseqüências da ciência na sociedade, Bourdieu faz uma análise de sua estrutura interna e da história da ciência, explicando sua noção de "campocientífico".E para tanto, explica esse conceito como "o universo no qual estão inseridos os agentes e as instituições que produzem, reproduzem ou difundem a ciência". Relacionando o campo científico com seu próprio contexto histórico e apenas os agentes envolvidos internamente a ele, difere de outros tipos de análise, que consideram para seus estudos apenas os textos de determinada produção cultural(literária, científica, artística, filosófica, econômica, etc.), ou a consideram dentro de um contexto sócio-econômico e suas relações com outras manifestações de campos independentes no momento histórico. O autor então define o que acha importante para a ciência da ciência, deixando clara sua crítica à correntes, como a marxista, por sua necessidade de relacionar diversos campos, analisandointervenções de elementos artísticos com fatos políticos ou literatura à manifestações econômicas. Quando o autor fala sobre a impossibilidade de autonomia total na ciência, exemplificando com as ciências sociais, que devido à sua grande > politização é uma das áreas menos propensas à libertação das leis do > macrocosmo, deixa de lado as considerações sobre as outras ciências, que > também possuem...
tracking img