Peter drucker e rafael sampaio - considerações sobre a evolução do marketing no tempo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1485 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Peter Drucker, no início de seu texto, faz uma breve retrospectiva dos últimos 60 anos do marketing.
Nos anos 50/60(marketing 1.0) funcionava o marketing com foco no produto. Nos anos 70/80(marketing 2.0) evoluiu p/ o foco no cliente.Nos anos 90/2000(marketing 3.0) a gestão da marca se sobressai no ramo do marketing.
A indústria manufatureira justificava o foco no produto nasdécadas de 50/60.
O período de incertezas dos anos 70, causado principalmente pela crise do petróleo, foi motivo p/ o marketing voltado para o cliente. O marketing evoluiu de um nível puramente tático p/ um nível mais estratégico, com foco no consumidor, nascendo daí o conceito de gestão do cliente.
O computador pessoal e a Internet agora usados em massa, permitiram maior compartilhamentode informações entre os clientes, fazendo com que as emoções humanas fossem priorizadas. Daí, surgiram conceitos, como marketing emocional, marketing experimental e valor de marca.
O interessante no marketing são suas constantes transformações no decorrer do tempo.
''-O futuro do marketing é horizontal, e não vertical.'', cita Drucker.
A recente recessão, uma das maioresdesde a Grande Depressão de 30, causada pela fácil concessão de créditos a pessoas q não puderam pagar suas dívidas, estourou a bolha financeira, e pobres e ricos ficaram mais pobres. Assim, cortaram gastos e passaram a comprar produtos mais baratos. Foi um desastre para a economia americana. A situação se estabilizou um pouco, mas com prognósticos de recuperação lenta. Gastos baixos geramcrescimento econômico lento.
Os consumidores, agora bem mais cautelosos, têm muito mais confiança em outros consumidores do que nas empresas. A internet facilita muito esses contatos, essas trocas de informações. Fica bem mais fácil conhecer sobre um produto e ficar sabendo as opiniões de outros clientes nos dias de hoje. Tudo isso leva as empresas a repensarem suas estratégias de marketing, pois oconsumidor está bem mais esperto que antigamente. Alegações exageradas sobre os benefícios do produto podem gerar efeito negativo sobre a demanda.
Apesar de tudo, todos fazemos marketing e somos clientes ao mesmo tempo. Os profissionais são clientes de outros produtos e os clientes fazem marketing para influenciar seus companheiros consumidores. A dicotomia precisa acabar.
Acocriação, comunização e o desenvolvimento da personalidade de marca são apreciados cada vez mais pelos clientes. A cocriação é o que acontece com o sistema Linux, por exemplo, onde alguém oferece uma plataforma básica e os colaboradores(clientes) o modificam conforme suas necessidades. Os clientes têm a chance de participar e moldar o produto conforme suas necessidades.
A comunização é anecessidade dos consumidores estarem conectados a outros consumidores, não ás empresas. As empresas devem apoiar essa idéia e abrir cada vez mais espaço para que essas comunidades apareçam.
O desenvolvimento da personalidade da marca é a transformação do produto em uma marca autêntica, singular, como se tivesse um DNA próprio, construído ao longo da vida.
No marketing 3.0 as empresasprecisam tratar os consumidores como seres humanos plenos, com corpo, mente, coração e espírito. È a transição para o espírito humano no marketing. O desafio agora é ''decifrar o código da alma''. O Marketing 3.0 é a era da comunicação horizontal; o controle vertical não surtirá efeito. Apenas autenticidade, honestidade e originalidade funcionarão. È preciso ser fiel ao DNA da sua marca e deixar queos consumidores tirem suas próprias conclusões.
O marketing baseado em valores vem ganhando mais espaço a cada dia que passa. Os profissionais de marketing precisam encontrar as necessidades e desejos mais profundos de seus clientes, que estão a cada dia buscando um mundo melhor para se viver. È preciso fazer a diferença de alguma maneira. Muitas empresas estão fazendo filantropia...
tracking img