Pesquisa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1409 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Modelo de vestibular – Língua Portuguesa

Questões
1)
2) Leia atentamente o poema abaixo de Mario Quintana:

Os Poemas

Os poemas são pássaros que chegam
Não se sabe de onde,
E pousam no livro que lês
Quando fechas o livro, eles alçam voo
Eles não tem pouso nem porto
Alimentam-se um instante em cada par de mãosE partem.
E tu olhas, então, essas tuas mãos vazias,
No maravilhoso espanto de saberes
Que o alimento deles
Já estava em ti

Todo o poema é constituído por uma única figura de estilo (linguagem). Essa figura é denominada por:
a) Elipse
b) Metáfora
c) Metonímia
d) Personificação

3) ‘Porque todos os córregos aqui são misteriosos...somem-se solo a dentro, de repente, emfendas de calcário, viajando, ora léguas, nos leitos subterrâneos, e apontando, muito adiante, num arroto ou numa cascata de rasgão...
João Guimarães Rosa, Sagarana

Neste trecho o autor:
a) Utiliza o sentido figurado para descrever como ocorre a infiltração das águas nos diversos tipos de rocha
b) Relata o turbilhão de águas superficiais, comuns em áreas de terrenoscristalinos e chuvas torrenciais
c) Descreve em linguagem literária, como é o comportamento de águas subterrâneas e
superficiais em rochas calcárias.
d)
e) Descreve uma situação inexistente de processos fluviais com a intenção de utiliza-las como recurso literários.

4) Nos textos I e II há um distanciamento da terra natal. Assinala a alternativa que NÃO corresponde aos textos:Texto I Canção do Exílio – Gonçalves Dias
Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores.
[...]
Minha terra tem primores,
Que tais não encontro eu cá;
Em cismar - sozinho, à noite -
Mais prazer encontro eu lá;
Minha terratem palmeiras,
Onde canta o Sabiá.

Não permita Deus que eu morra,
Sem que eu volte para lá
Sem que desfrute os primores
Que não encontro por cá;
Sem qu'inda aviste as palmeiras,
Onde canta o Sabiá."

Texto II –

a) No texto II há a referência à chegada do colonizador a miscigenação do branco com o negro, e a exploração da terra.
b) No texto II, os elementos caracterizadores daterra natal se encontram na expressão linguística, nos trajes e no meio de transporte
c) Nos textos I e II as terras natais não existem
d) Nos textos I e II as ultimas estrofes representam sentimentos distintos.

5) Considere o poema de Manuel Bandeira:
O último poema
Assim eu quereria meu último poema
Que fosse terno dizendo as coisas mais simples e menos intencionais
Que fosseardente como um soluço sem lágrimas
Que tivesse a beleza das flores quase sem perfume
A pureza da chama em que se consomem os diamantes mais límpidos
A paixão dos suicidas que se matam sem explicação.
(http://www.releituras.com/mbandeira_ultimo.asp)
I - O poeta constrói um paralelismo sintático a partir das orações iniciadas pelostrês primeiros quês, formando uma sequência de termos de mesma função sintática.
II - Aparece outro paralelismo, através dos objetos diretos do verbo ter, conjugado no pretérito imperfeito do modo subjuntivo.
III - Existe correlação verbal entre: quereria e fosse, quereria e tivesse. Embora os respectivos tempos verbais estabeleçam uma sequência coerente, justificada pelo uso, principalmente domodo subjuntivo dos verbos ser e ter, reforçando a ideia de que não há garantia de que o eu lírico atingirá o objetivo sonhado.

Estão CORRETAS
a) I e II, apenas.
b) II e III, apenas.
c) I, II e III, apenas.
d) I e III, apenas

6) Observe a tirinha abaixo:

O humor presente na tirinha ocorre principalmente pelo fata do Mafalda:
a) Atribuir, no primeiro quadrinho, poder...
tracking img