Pesquisa operacional i

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2802 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
1. INTRODUÇÃO
Criado há mais de um século (1879), pela empresa Johnson & Johnson, o anti-séptico bucal LISTERINE® foi usado inicialmente em procedimentos cirúrgicos, mas passou a ser usado como enxágüe bucal pelos consumidores em 1885.1
Com o crescente mercado em expansão, a empresa fabricante do produto ganhou novos concorrentes em seu mercado. Por ser o único anti-séptico bucal que eravendido sem precisar de prescrição médica, o LISTERINE passou a ser alvo de sua concorrência. 1
Sustentando sua posição de mercado por muitos anos, a J&J teve de lançar um plano de marketing para o produto, devido aos ataques de seus concorrentes. Por seu produto possuir, em sua composição química, álcool, seus concorrentes alegavam de forma direta e indireta, que o produto poderiacontribuir para o desenvolvimento de doenças bucais e ardência na hora da higienização bucal. Em resposta, a empresa lançou em seu site um local onde os clientes e usuários poderiam tirar suas dúvidas sobre o produto. O grupo percebeu, pelo plano traçado, que a maioria das dúvidas foram causadas pela má impressão descrita pelos concorrentes.2
Além disso, a J&J aproveitou para ressaltar que oproduto foi aprovado pelo Ministério da Saúde do Brasil, e pela Associação Americana de Odontologia (ADA), onde continua a ser o único a ter o selo desta última.
Por mais que se tenha lançado esse plano em autodefesa, a Listerine ainda sustenta uma posição não muito cômoda nos pensamentos de muitos clientes. Muitos até chegaram a pensar que o álcool utilizado pela fabricante era o mesmo utilizado embebidas alcoólicas.
Partindo desse ponto, propusemos aqui, um plano de marketing plus, onde tentaremos inovar no mercado a forma de apresentação da Listerine,e retirar essa imagem taxada pelos seus concorrentes.

Figura 1 – Anúncios Antigos da Listerine (utilização como remédio)
2. PLANEJAMENTO
2.1. SUMÁRIO EXECUTIVO
O Plano de Marketing surge como reformulação da estratégia da Listerinepara suprir devidas estratégias de seus adversários. Consiste basicamente em um estudo aprofundado no Composto de Marketing da empresa com relação ao seu produto e reestruturação, utilizando-se da já proposta, estratégia. Sem modificar o composto de marketing da empresa, visa-se obter melhor destaque no mercado sobre seus concorrentes.
Para isso, faz-se necessário foco maior em Pessoas e Praça,uma vez que devemos trabalhar com base no que os clientes pensam do produto e no local onde ele será repassado a eles.

2.2 ANÁLISE DE AMBIENTE
2.2.1 Fatores Econômicos
A J&J não enfrenta atualmente recessão no mercado, ou seja, sua confiança é positiva, traçando novas estratégias e lançando novos produtos. Como uma boa empresa capitalista, sua visão é de puro lucro. Quando falamos emfatores econômicos pensamos quase sempre em lucro.
Hoje em dia, por mais que se fale em sustentabilidade, se não houver lucro para a empresa, dificilmente se enxergará essa palavra dentro dos princípios da empresa. Tentando se destacar no mercado, através de uma análise mercadológica, a J&J percebeu que o melhor caminho a ser seguido seria o de enxaguante bucal e o de fio dental, uma vez que aquino Brasil, existia e existe um mercado muito forte criado há muito tempo de pastas de dente. Esse foi um dos fatores econômicos percebidos pela J&J, onde inicialmente, tinha-se uma concorrência nula.

Figura 2 – Anuncio da Concorrente Kolynus (pasta de dente)

Figura 3 – Anúncios Antigos da Listerine (utilização como enxaguante bucal)

2.2.2 Fatores Sócio-Culturais
Com relação aosócio-cultural do Listerine, mudanças nas tendências sociais puderam ser percebidas com a explosão do produto no mundo jovem.
O modismo afetava o mercado e o aumento do nível de vendas comprovava o sucesso do lançamento do produto.
Com a inovação do plano de marketing e de estratégia de marketing, a J&J lançava através dos meios modernos da época, anúncios sobre seus novos produtos, os quais...
tracking img