Pescaria de potencias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (368 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Pescaria de Potências

Regras
01- As cartas são embaralhadas e cada jogador deve receber cinco cartas. As demais ficam ao centro da mesa, com as faces voltadas para baixo, formando o lago depescaria.

02- O objetivo do jogo é formar o maior numero de pares. Um par corresponde a uma potência e seu valor numérico.

03- Inicialmente, os jogadores formam todos os pares com as cartasque receberam e os colocam à sua frente, de modo que os jogadores possam ver o par formado.

04- Decide-se quem começa o jogo. Joga-se no sentido horário.

05- Cada jogador, na sua vez, pedepara o seguinte a carta que desejar para tentar formar um par com as cartas tem na sua mão. Ele pode pedir na forma de potência ou como um numero. Por exemplo, se o jogador A tiver n mão 5² ele devetentar conseguir o 25 para formar um par. Ele, então, diz ao próximo: “Eu quero 25”. Se o colega tiver essa carta, ele deve entregá-la e o jogador A que pediu a carta forma o par e coloca em seumonte. Se o colega não possuir essa carta ele diz: “Pesque!”. E o jogador A deve pegar uma carta do monte no centro da mesa, se conseguir formar o par que deseja ou um outro par qualquer,coloca-o em seu monte se não conseguir fica com a carta em sua mão e o jogo prossegue.

06- Caso algum jogador não possuir mais cartas, e ainda tiver cartas no monte este jogador deve pegar novamente 5cartas no monte e prosseguir no jogo.

07- O jogo acaba quando terminarem as cartas do lago ou quando não for mais possível formar pares.

08- Não e permitido blefar. Se uma carta for pedidaa um jogador e ele possuir, deve entregá-la sob pena de sair do jogo.

09-Ganha o jogador que, ao final, tiver o maior numero de pares em seu monte.

10- No caso de empate, os jogadoresvencedores devem iniciar um novo jogo com as cartas dos jogadores eliminados. Vence aquele que formar mais mares.


Nunca tenha certeza de nada, porque a sabedoria começa com a dúvida.
Sigmund Freud
tracking img