Sofistas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (560 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SOFISTAS: DISCURSO E RELATIVISMO DA JUSTIÇA

1.1 CONTEXTO HISTÓRICO-CULTURAL
a) Precedentes com lendas, mitos, cultos ,Heródoto atribui o termo a Pitágoras e a Sólon. Os sete sábios eram chamados desofistas.
b) Preocupação pela cosmologia, pela natureza, pela religiosidade.
c) O movimento sofístico deu-se no século cinco antes de Cristo.
d) Protágoras: “O homem é a medida de todas as coisas”
Ossofistas não chegaram a formar uma escola, pois não adotaram uma única linha de pensamento, sendo-lhes comuns as divergências, embora dirigissem o estudo para idêntico alvo: o homem e seus problemaspsicológicos, morais e sociais.
 
1.2 DISCURSO
Os motivos do movimento sofístico são: estruturação da democracia, participação popular no exercício do poder, sem prova de riqueza, nobreza ouascendência, reorganização social e política (Atenas), expansão de fronteiras, acúmulo de riqueza, intensificação do comércio, abertura das fronteiras para o contato com outros povos, necessidade de domínio deconhecimentos gerais, para o uso retórico, necessidade do domínio da técnica de falar.
Os sofistas tiveram seu aparecimento em resposta a uma necessidade da democracia grega (democracia direta), aopreparo dos jovens, à dinamização dos auditórios, fornecimento de técnicas aos pretendentes de funções públicas notáveis, fornecimento de instrumentos oratórios e retóricos para o cuidado das própriascausas e dos próprios negócios, mercantilização da sociedade.
O movimento sofístico caracteriza-se pela proliferação de homens sem destino fixo, que ensinavam de modo itinerante. Os sofistas davam suasinstruções para pequenos grupos ou em seminários, conferências públicas e exibições.
 
1.3 RELATIVISMO A JUSTIÇA
Os sofistas foram radicais opositores da tradição e grande parte de seus esforçosteóricos e epistemológicos recaiu sobre questões absolutas, conceitos fixos e eternos, sobre tradições inabaláveis.
Com os sofistas houve o surgimento do relativo, do paradoxal, do possível, do...
tracking img