Pericia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1191 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO


A Contabilidade demonstra a situação patrimonial de uma empresa, e com base nela, pessoas fazem investimentos, fornecedores acreditam na capacidade que a empresa tem de saldar suas dívidas, bancos e instituições decidem o quanto de financiamento pode ser proporcionado à organização, governo calcula impostos devidos, gestores tomam decisões internas, enfim, a Contabilidade é umimportante instrumento para decisões de usuários internos e externos.

Princípios e Normas Contábeis existem para que as informações empresariais divulgadas sigam um mesmo padrão e, assim, possam ser comparados resultados de diversas empresas, mantendo uma fidelidade quanto à realidade encontrada nas organizações. No entanto, podem existir pessoas mal intencionadas dentro da empresa, que podemcometer crimes financeiros, e fazer com que as informações divulgadas sejam distorcidas, demonstrando uma situação que seja favorável a seu interesse, caracterizando as fraudes. Além disso, a Contabilidade é uma ferramenta que está suscetível ao erro, pois um funcionário pode realizá-lo sem que se dê conta disso, seja por desinformação sobre algum procedimento contábil, seja por erros de digitaçãoetc.
Se fraudes e erros acontecem nas empresas, precisa-se averiguar: O que é fraude? E que é erro? O que fazer ao se descobrir essas irregularidades dentro da empresa? Como fazer para evitar que elas continuem acontecendo? O que leva alguém a cometer erro ou fraude? Quais os efeitos para a tomada de decisão? Quais as responsabilidades inerentes à administração da empresa, ao auditor e aoperito?

Este trabalho tem como objetivo identificar a diferença entre esses dois tipos de irregularidade, encontrar as “brechas” que possibilitam que isso ocorra, quais seus efeitos etc. Para isso, foram utilizados livros de auditoria e perícia, bem como pesquisas em sites da Internet.






SUMÁRIO



1 - INTRODUÇÃO 5


2 - REFERENCIALTEÓRICO............................................................................6


3 - DESENVOLVIMENTO 7

4 - CONCLUSÕES .9

REFERÊNCIAS 10
































INTRODUÇÃO



A necessidade de fazer Perícia Contábil vem da manifestação das imperfeições e inadequações.


Os Princípios Fundamentais de Contabilidade analisam a representação do núcleo central da própriaContabilidade.


Entretanto é tal a variedade dos patrimônios individualizados e a complexidade de cada conjunto patrimonial e os inúmeros aspectos das transformações dos componentes agregados na riqueza que se torna necessário seu desdobramento para classificar essa função geral em três subfunções:


Escritural ou de registro


Expositiva ou demonstrativa


Interpretativa ou de análise.Os princípios constituem o alicerce da ciência contábil.

Sá (2008, p. 231) esclarece que mesmo sendo prova, a perícia deve alimentar-se de evidências formalmente sustentáveis, sempre em perfeita consonância com os dispositivos legais, além de condições técnicas contábeis rigorosas e éticas.












REFERENCIAL TEÓRICO




A Contabilidade faz parte das Ciênciassociais aplicadas, o seu principal objetivo é a geração de informações sobre o patrimônio, o qual se quer mensurar. Segundo o Conselho Federal de Contabilidade, por meio da Resolução 785/1995, revogada pela Resolução 1121/2008: “A contabilidade, na sua condição de ciência social, cujo objeto é o patrimônio, busca, [...], geração de informações quantitativas e qualitativas sobre ela, expressas tanto emtermos físicos, quanto monetários”.

Alberto (2000, p. 19) define perícia como um “instrumento especial de constatação, prova ou demonstração, científica ou técnica, da veracidade de situações, coisas ou fatos”. E continua dizendo: Que o objeto da ciência contábil é o patrimônio [...] a pericia será de natureza contábil sempre que recair sobre elementos objetivos, constitutivos, prospectivos...
tracking img