Pedofilia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2532 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A pedofilia é classificada como uma desordem mental e de personalidade do adulto, e também como um desvio sexual, pela Organização Mundial de Saúde. Os atos sexuais entre adultos e crianças (resultantes em coito ou não) é um crime na legislação de inúmeros países. Em alguns países, o assédio sexual a tais crianças, por meio da Internet, também constitui crime. Outras práticas correlatas, comodivulgar a pornografia infantil ou fazer sua apologia, também configuram atos ilícitos classificados por muitos países como crime.

Pedofilia é o desvio sexual "caracterizado pela atração por crianças, com os quais os portadores dão vazão ao erotismo pela prática de obscenidades ou de atos libidinosos" (Croce, 1995).
A pedofilia (também chamada de paedophilia erotica ou pedosexualidade) é aperversão sexual, na qual a atração sexual de um indivíduo adulto ou adolescente está dirigida primariamente para crianças pré-púberes (ou seja, antes da idade em que a criança entra na puberdade) ou no início da puberdade. A palavra pedofilia vem do grego παιδοφιλια (paidophilia) onde παις (pais, "criança") e φιλια (philia, "amizade", "afinidade", "amor", "afeição", "atração", "atração ou afinidadepatológica" ou "tendência patológica", segundo o Dicionário Aurélio).
Algumas outras definições de pedofilia requerem uma diferença de idade de no mínimo cinco anos. Estas, porém, tendem a negligenciar a inclinação sexual pedofílica que desenvolve-se durante a puberdade ou a infância, e que tende posteriormente a diminuir e acabar. Alguns sexólogos, porém, como o especialista americano John Money,acreditam que não somente adultos, mas também adolescentes, podem ser qualificados como pedófilos. Na França, esta é a definição dominante.
O uso do termo pedófilo para descrever criminosos que cometem atos sexuais com crianças é visto como errôneo por alguns indivíduos, especialmente quando tais indivíduos são vistos de um ponto de vista clínico, uma vez que a maioria dos crimes envolvendo atossexuais contra crianças são realizados por pessoas que não são consideradas clinicamente pedófilas, já que não sentem atração sexual primária por crianças. Mundialmente, apenas um quarto dos abusos sexuais de crianças são praticados por pedofilos. Esses abusos sexuais são praticados por pessoas que simplesmente acharam mais fácil fazer sexo com crianças, seja enganado-as ou utilizando de intimidação ouforça.
Não é uma doença, mas sim uma parafilia, um distúrbio psíquico que se caracteriza pela obsessão por práticas sexuais não aceitas pela sociedade, como o exibicionismo e o sadomasoquismo. Muitas vezes o pedófilo apresenta uma sexualidade pouco desenvolvida e teme a resistência de um parceiro em iguais condições. Sexualmente inibido, escolhe como parceiro uma pessoa vulnerável. 
Emaproximadamente 25% dos casos, o pedófilo foi uma criança molestada.

Assim como a internet é usada como entretenimento, busca de informações, compras, a mesma se tornou um meio propicio para a prática da pedofilia. Um relatório apresentado a ONU, mostrou que mais de 750 mil predadores sexuais procuram suas vítimas na internet. O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) estima que existem mais dequatro milhões de sites na internet com fotos de menores, inclusive crianças menores de dois anos. Dessa forma, cabe aos pais ficarem de olhos abertos aos hábitos dos filhos, procurando saber os contatos que estabelecem na rede, saber com quem conversam e até mesmo estarem sempre olhando na tela o que fazem, afinal todo cuidado é pouco. Já que os que praticam pedofilia seduzem muitas crianças,oferecendo companhia, convidem para passear, enfim, inúmeras são as formas para estabelecerem a aproximação.
Devemos ficar sempre alertas com nossos filhos, pois a maioria dos abusos sexuais com crianças é praticada por agressores identificáveis pela vítima. Cerca de 80% a 85% são do núcleo familiar, sendo que de 30% a 40% são pais ou padrastos. O agressor observa e acompanha a criança até encontrar...
tracking img