Pediculose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1846 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Pediculose




A DOENÇA


A pediculose é uma infestação por piolhos sugadores. Quando há uma infestação por Pediculus humanus a doença causada é a pediculose do corpo. Quando a infestação é por Pediculus capitis temos a pediculose do couro cabeludo. A infestação determinada pelos "chatos" é denominada impropriamente, "pediculose do púbis". No entanto ela não é uma pediculose,é uma pitiríase, pitirose, fitiríase ou fitirose.
Os pacientes apresentam prurido, irritação da pele ou do couro cabeludo e infecções estafilocócicas secundárias (impetigo), podendo, também, determinar inflamação ganglionar satélite e alopecia(perda de cabelos). Quando infestações graves por piolho da cabeça estão associadas a más condições sociais e dietas inadequadas, as criançasparasitadas podem tornar-se anêmicas durante um período pela deficiência de ferro subtraído pela hematofagia.


Suas conseqüências são físicas e psicológicas, atingindo também os pais e os professores. A criança adquire um sentimento de vergonha. Os pais sentem-se culpados e podem ser acusados falta de higiene em casa. Os educadores enfrentam o problema de evitar a transmissão da moléstia
aoutros alunos, isolando as crianças infestadas, enfrentando a situação desagradável de comunicar o fato aos pais e, até, em certos casos, serem levados a suspender as atividades escolares por alguns dias. A criança passa a ter perturbação do sono pelo prurido incessante e, consequentemente, a diminuição do rendimento escolar. Em altas infestações, a população de piolhos pode ultrapassar 1.000indivíduos. A picada do inseto ocasiona, ainda, uma dermatite, causada pela reação do hospedeiro a saliva injetada ao início da hematofagia. O prurido leva o paciente a arranhar a pele, abrindo a porta de entrada para patógenos.
Se a transmissão for diretamente pelo piolho adulto, os sintomas costumam aparecer logo. No mesmo dia ou, no máximo, no dia seguinte ao contágio. Porém, os sintomastambém podem surgir depois de até dois meses da "invasão" dos piolhos. Isso é típicos em crianças sub-sintomáticas.
O INSETO


Os insetos causadores da pediculose compõem o gênero Peiculidae, da ordem Anoplura, na qual estão os insetos vulgarmente conhecidos como piolhos.
As espécies Pediculidae que parasitam o homem são o Pecidulus humanus(Pediculus humanus corporis), piolhodo corpo e Pediculus capitis(Pediculus humanus humanus), piolho da cabeça.






















São parasitos de mamíferos e hematófagos, com metamorfose gradual (paurometábolos: metamorfose incompleta, tendo as ninfas o mesmo hábito dos insetos adulto, no caso: hábito hematófago).


São insetos pequenos, sem asas; com aparelho bucal picador sugador quelibera saliva anticoagulante e antiséptica, promovendo uma leve dermatite e prurido. Possuem uma pinça (tarso + tíbia), com a qual o inseto fica firmemente "abraçado" ao pêlo. Não voam nem pulamo .
Os ovos, conhecidos por lêndeas, são colocados aderidos aos pêlos ou às fibras através de cemento(substância que rodeia o ovo e tem suas características modificadas, torna-se sólida, sob ação docalor). Elas são operculadas(fechadas), de coloração branco-amarelada, medindo, aproximadamente, 0,8mm/0,3mm


Seu sangue e suas fezes podem transmitir o tifo exantemático (Rickettsia prowazeki), a febre das trincheiras (Bartonella quintana = Rochalimaea quintana) e a febre recorrente (Borrelia recurrentis) que é um agravante à pediculose e seu tratamento mais utilizado, porém errado: oesmagamento do piolho após catação.


Gostam também de cabelos limpos e molhados. Concentram-se principalmente na nuca e atrás das orelhas.


Ciclo Biológico




Cada Fêmea de Pediculus capitis pode viver até 40 dias. Durante toda a vida bota cerca de 200 ovos, aproximadamente 7 a 10 ovos por dia. Fora do couro cabeludo hospedeiro sobrevive poucas horas e a viabilidade...
tracking img