Parasitologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1078 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
O artigo se propõe a discutir as possíveis relações entre o parasitismo do Toxoplasma gondii e o Ascaris lumbricoides e respostas imunológicas desencadeadas por esse co-parasitismo .Nesse artigo há a investigação dos perfis das respostas imunes demonstrando a proliferação celular especifica na toxoplasmose com aumento de células do tipo Th-1 e na ascaridíase proliferação de células do tipo Th-2e a produção de citocinas tais como IFN-Y ,IL-13 ,TGF-B ,IL-10 e várias outras citocinas pelas células mononucleares do sangue periférico(PBMCs) de indivíduos que vivem em áreas endêmicas para T.gondii e A. lumbricoides .Além disso, será discutida uma possível relação entre a produção de determinadas citocinas e a ocorrência de diversificados grupos clínicos de cicatrizes retinocoroidal natoxoplasmose , essas cicatrizes podem ser classificadas como do tipo C as quais são menores do que do tipo B e estas menores do que do tipo A. In vitro as respostas imunes contra os antígenos de T. gondii e A. lumbricoides foram marcados baixa secreção de IL-10 , IL-4 , IL-5 e TGF-B bem como baixos níveis de Ig-Eespecifico contra o A. lumbricoides , tal aspecto favorece a adaptação do helminto ao hospedeiro. Já a resposta imune específica para T. gondii de pacientes que possuem lesão ocular é marcado pela alta secreção d IFN-Y e IL-13, as quais controlam o crescimento e a resposta inflamatória no olho favorecendo a melhor adaptação do hospedeiro. Os altos níveis de IL-13 produzidos por pessoasco-infectadas pelos dois parasitas produzem uma reação inflamatória mais leve no olho.Dessa forma, observa-se que o co-parasitismo apresenta uma resposta imunológica distinta daquela apresentada no parasitismo individual. Portanto, altos níveis de IFN-Y bem como de IL-13 determinam lesões de classe tipo C ,a qual é caracterizada por um menor dano a retina comparado com lesões do tipo A e B.O alto nível deIL-13 ,representativo do co-parasitismo, regula o processo inflamatório na presença de altos níveis d IFN-Y controlando a replicação do T. gondii que pode em princípio promover o controle do crescimento do parasita com um menor prejuízo do tecido.



Enteroparasitas constituem um sério problema de saúde pública nos países em desenvolvimento e isto está diretamente vinculado ao precário estadosanitário presente nesses países. O conhecimento da prevalência de helmintos que são transmitidos pelo solo constitui em importante informação sobre a gravidade do problema de saúde pública, e pode ser útil na orientação dos esforços que são realizados para o controle da doença. Dessa forma, o objetivo do estudo é determinar a ocorrência desses parasitas intestinais em sanitários públicos eônibus da cidade de Uberlândia, a qual tem uma população de 608.369 habitantes, com 97.6% residindo na área urbana, e a cidade oferece 100% de água tratada e mais que 90% de tratamento de esgoto. O material coletado foi analisado em lâminas ao microscópio óptico. Os resultados demonstraram que o E. vermicularis foi o helminto de maior prevalência nos sanitários públicos e ônibus, possivelmente devidoa substâncias que estão presentes na superfície do ovo, que aumentam a adesão do ovo à superfícies. Além disso, a biologia peculiar desse parasita contribui para criar um foco de contaminação em torno da pessoa infectada. Já os ovos de A. lumbricoides foram encontrados em sanitários do parque público da cidade, aparentemente com morfologia completa, o que representa outra possibilidade decontaminação. Estudos similares demonstraram que A. lumbricoides são predominantemente encontrados em sanitários de escolas fundamentais, devido à elevada incidência de ascaridíase nessa população. Conclui-se assim que sanitários públicos e ônibus são uma importante fonte de transmissão do parasita e a educação sanitária deve ser aperfeiçoada para melhorar esses pontos.


Diante de diversos...
tracking img