Parabolas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (290 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A Parábola o Fariseu e o Publicano


O fariseu e o publicano eram dois personagens bem comuns dos dias de Jesus, e com alguns deles o próprio Jesus se deparou váriasvezes em seu ministério. E são estes os personagens que ele escolheu para usar como ilustração nesta parábola.
Na parábola os dois sobem ao templo para orar e lá sediferenciam enormemente na busca da súplica ao céu. É exatamente esta diferença, a princípio absurda e incoerente, que Jesus destaca.
A distinção pode ser observada por três ângulosdistintos: (1) olhando-se pela ótica popular, (2) pela ótica dos próprios orantes e (3) pela ótica divina. (1) Para o povo: o fariseuseria aquele que estaria ritualmente limpo e apto para comparecer diante de Deus em oração. O publicano seria o avarento traidor do povo – e de Deus – logo sem condições deestar na presença sagrada. Assim, o primeiro receberia coerentemente uma resposta na sua oração.
(2) Para os próprios personagens: o fariseu é aquele que não se compara comos demais pecadores pois estaria acima dos vícios e defeitos dos outros – comparativamente melhor! Por sua vez o publicano se sabe o indigno pecador e – sem comparações –apenas suplicante das misericórdias divinas.
(3) Para Deus, que ouve a oração: o fariseu é o arrogante que, preso às suas convicções, não é capaz de merecer nada além do queser estimado pelo populacho – pois só é isto que receberá! Por outro lado, o publicano é o humilde que, buscando a Deus em sua sinceridade e a despeito de todos os pecados efalhas, pode voltar para casa abençoado, pois foi ouvido por Deus.
Certamente estes dois personagens estão ainda hoje diante de nós: a qual dos dois nos compararemos.
tracking img