Para raio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3056 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE DE ENGENHARIA SÃO PAULO


















PÁRA-RAIOS































São Paulo
2012


SUMÁRIO








INTRODUÇÃO...........................................................................................................031CONCEITO...............................................................................................................04

1.1 Tipos de Para-Raios.............................................................................................06



2. PRINCÍPIOS DE FUNCIONAMENTO....................................................................09



3. USOS E APLICAÇÕES.........................................................................................114. GENERALIDADES................................................................................................14




5. CONCLUSÂO........................................................................................................15




BIBLIOGRAFIA..........................................................................................................16INTRODUÇÂO






Eletricidade é uma forma de energia, um fenômeno resultante da existência de cargas elétricas. A teoria de eletricidade é provavelmente a mais precisa e completa de todas as teorias científicas. O conhecimento da eletricidade foi o impulso para a invenção de motores, geradores, telefones, radio e televisão, computadores e sistemas de energia nuclear. Aeletricidade é uma necessidade para a civilização moderna.


Este trabalho visa analisar o conceito de pára-raios, os tipos, os princípios de funcionamento, os usos e aplicações dos pára-raios, a partir do fenômeno decorrente da ação de uma nuvem carregada, uma alta concentração de cargas elétricas, juntamente com um campo elétrico intenso, produzindo a ionização do ar, diminuindo a alturaefetiva da nuvem carregada, e produzindo o raio através do rompimento da rigidez dielétrica do ar.






























1. CONCEITO

O pára-raios foi inventado no século XVIII, por volta do ano de 1752, a partir de experimentos e estudos sugeridos pelo americano Benjamin Franklin para testar a eletrificação das nuvens e a natureza elétrica dosraios.

A eletrificação das nuvens de chuva ocorre, basicamente, por duas razões: devido às colisões das partículas de gelo acumuladas em seu interior, ou pela diferença de condutividade elétrica do gelo ocasionada pela variação de temperatura no interior da nuvem. Nestes processos, as partículas de gelo perdem elétrons e se transformam em íons (cátions ou ânions). Isso torna a nuvemeletricamente carregada.

A eletrização das nuvens de chuva torna possível a ocorrência de descargas elétricas devido à existência de cargas opostas entre duas nuvens eletrizadas, entre as nuvens e a terra. Essas descargas elétricas são chamadas de raios. A descarga é visível a olho nu, com trajetórias sinuosas e de ramificações irregulares às vezes com muitos quilômetros de distânciaaté o solo e podem ser classificados quanto a sua origem: nuvem para o solo, solo para a nuvem, entre nuvens.


A descarga ocorre no momento em que as cargas elétricas, íons atingem energia suficiente para superar a rigidez dielétrica do ar, de forma explosiva, luminosa e violenta. A descarga elétrica ocorre conforme ilustrada no quadro abaixo.


[pic]

Estas descargaselétricas são favorecidas quando as nuvens estão próximas a superfícies pontiagudas ou quando se está em lugares mais altos, próximos a nuvens. A explicação para a maior incidência de raios em superfícies pontiagudas deve-se ao chamado “poder das pontas”, fenômeno no qual se percebe maior acúmulo de cargas elétricas nas extremidades pontiagudas dos objetos.

O principio do “poder...
tracking img