Ovoalbumina

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2051 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PERNAMBUCO
CENTRO DE TECNOLOGIA E GEOCIÊNCIAS
DEPARTAMENTO DE ENGENHARIA QUÍMICA

EXPERIMENTO Nº 1
ANÁLISE DE PROTEÍNAS: CARACTERÍSTICAS E
PESQUISA DE AMINOÁCIDOS EM OVOALBUMINA

Cláudia Jéssica da S. Cavalcanti
Amanda Daniele Barbosa
Camilla Lins de Oliveira França

ALUNAS:

GRADUAÇÃO: Química Industrial
PROFESSORAS: Glória Maria VinhasFlávia Gonçalves D. Ferreira

Recife, 10 de Dezembro de 2012
1. INTRODUÇÃO

Albumina (Latim: albus, branco) refere-se de forma genérica a qualquer proteína que é solúvel em água, possui alto valor biológico e pode ser encontrada na clara de ovo, proteína majoritária do ovo que é denominada de ovoalbumina. Também pode ser encontrada no soro do leite, é denominada de lactoalbumina. Éfreqüentemente usada por praticantes de musculação como uma fonte protéica de baixo custo e boa qualidade por causa da boa variedade de aminoácidos que a compõe. Dentre as suas diversas funções estão a manutenção da pressão osmótica, transporte de hormônios lipossolúveis e transporte de ácidos graxos livres, sua deficiência pode causar insuficiência hepática e desnutrição. É a principal proteínado plasma sanguíneo (Seroalbumina) e é utilizada na medicina em tratamentos relacionados com queimaduras e hemorragias graves.
As proteínas podem sofrer um processo de desnaturação, ou seja, perder a sua conformação, já que as ligações responsáveis pelas estruturas secundária, terciária e quaternária são rompidas, levando a precipitação da proteína, perda de sua conformação mais estável econseqüentemente a perda de sua função biológica. Agentes físicos e químicos podem levar a tal situação, como por exemplo: temperatura, solventes orgânicos, ácidos fortes e altas concentrações salinas.
O objetivo desta prática é investigar as características da proteína ovoalbumina, analisar a influência da ação de calor, ácido e solvente orgânico, solubilidades em relação ao pH e realizar uma brevepesquisa de aminoácidos presentes na proteína estudada, utilizando um reativo específico para a sua caracterização.

2. EXPERIMENTAL

3.1 MATERIAIS E EQUIPAMENTOS

3.2.1 MATERIAIS

Acetona
Ácido Acético 10%
Ácido Acético Glacial
Àcido Nítrico 20%
Ácido Sulfúrico Concentrado
Água Destilada
Álcool Etílico
Hidróxido de Sódio 2,0 M
Solução aquosa de clara de ovo naproporção 1:3
Solução de Hidróxido de Sódio 10 %
Solução de Sulfato Cúprico 5 %
Solução Tampão pH 10,0
Solução Tampão pH 4,0

3.2.2 EQUIPAMENTOS

Auxiliar de Pipetagem
Bico de Bunsen
Estante para tubo de ensaio
Pinça de Madeira
Pipetas Graduadas
Tubos de Ensaio

3.2 PROCEDIMENTO

Investigou-se inicialmente a desnaturação da proteína por meio de três formas: ação docalor, ácido orgânico e de solventes orgânicos. O primeiro teste foi a ação do calor, adicionou-se com o auxílio de uma pipeta graduada 3,0 mL da solução de clara de ovo em um tubo de ensaio. Aqueceu-se na chama do bico de Bunsen durante aproximadamente 10 minutos, utilizou-se uma pinça de madeira para manusear o tubo de ensaio durante o aquecimento. Após formação do precipitado tentou-sesolubilizá-lo em água, álcool etílico e acetona. O segundo teste foi a ação de ácido orgânico, adicionou-se 1,0 mL da solução de clara de ovo com o auxílio de uma pipeta graduada em um tubo de ensaio, logo após adicionou-se algumas gotas de ácido acético 10%. O terceiro teste foi a ação de solventes orgânicos, prepararam-se dois tubos de ensaio com 1,0 mL da solução da clara de ovo adicionando-se ao primeirotubo 1,0 mL de Álcool Etílico e ao segundo tubo 1,0 mL de Acetona. Agitaram-se os tubos vigorosamente e observou-se. Também foi feito o teste de solubilidade em diferentes pH, colocou-se 1,0 mL de solução em quatro tubos de ensaio. Ao primeiro tubo adicionou-se 1,0 mL de ácido acético 10%, ao segundo tubo adicionou-se 1,0 ml de solução a pH 4,0, ao terceiro tubo adicionou-se 1,0 mL de água...
tracking img