Os estabelecidos e os outsiders

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1116 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal Fluminense

Resenha do capítulo introdutório da obra Os estabelecidos e os outsiders: sociologia das relações de poder a partir de uma pequena comunidade do sociólogo alemão Norbert Elias.

Na Introdução da obra Os estabelecidos e os outsiders: sociologia das relações de poder a partir de uma pequena comunidade do Norbert Elias, podemos perceber todo o processo dotrabalho etnográfico que o autor construiu em um pequeno bairro industrial inglês denominado com o pseudônimo de Winston Parva. Deste modo, Elias irá se preocupar em descrever as formas de sociabilidade existente entre os moradores desta localidade.
A primeira indicação que o autor nos apresenta é a existência de dois grupos sociais bem distintos: os estabelecidos e os outsiders. O grupo dosestabelecidos estigmatizava os outsiders como um grupo de pessoas de menor valor humano; com ausência de uma virtude humana superior, com a qual os estabelecidos se intitulavam detentores.
As relações sociais existentes entre esses grupos estão fundamentadas num processo de figuração baseado principalmente no tempo de moradia no bairro de Winston Parva. Interessante observar que neste caso específicoqualquer teoria que explique a diferenciação de poder entre determinados grupos a partir da posse dos meios de produção estaria fadada a ser estritamente limitada. Elias nos mostra que toda a superioridade do grupo dominante estava no fato de que esses moradores residiam há muito mais tempo em Winston Parva que os moradores do grupo desprezado.
Assim, Elias discute a forma com que esse estigmacriado a partir do tempo de residência do morador na localidade irá atuar no sentido de depreciar a qualidade humana dos que estão a parte do grupo dos moradores estabelecidos. Temos no campo das representações a categoria da pureza que será acionada pelo grupo dos estabelecidos para inferiorizar os outsiders. Como já mencionado, os estabelecidos se julgam humanamente superiores aos novosmoradores, assim, acabam estigmatizando-os como impuros, sujos.
Elias também nos chama a atenção para o fato de que a própria imagem estigmatizada dos outsiders acaba sendo internalizada por eles mesmos. Estes acabem realmente se colocando numa postura de inferioridade frente aos antigos moradores.
E o que poderia estar nos bastidores desse estigma? Bem, Elias nos mostra como as relações desociabilidade dos moradores antigos já estavam num processo muito mais coeso que as novas relações com os moradores novas. A análise parte simplesmente da perda de poder do grupo mais antigo, da perda do status de alguns postos de liderança que são ocupados pelos moradores antigos. Os novos moradores, na verdade, ameaçariam o poder conquistado pelo grupo dos estabelecidos. O próprio Elias diz no texto queuma teoria materialista não daria conta dessa pesquisa. Mas pensando bem, em última análise, a perda do poder do grupo estabelecido não estaria ligada ao capital? Bem, isso é apenas uma indagação e não é de forma alguma compartilhada pelas ideias do autor nesta obra.
Elias diz que a dificuldade do grupo dos novos moradores de conseguir estabelecer uma interação social coesa com os antigosmoradores estava presente nas associações, nos clubes, nos bares, ou seja, em todas as esferas sociais que compõem o bairro de Winston Parva. O fato dos outsiders terem chegado mais tarde e terem de participar de uma vida social onde as regras foram estabelecidas por outras pessoas de um grupo nem coeso, ocasiona em uma grande diferenciação de poder entre esses grupos. E assim temos uma divisão socialque irá permear as atitudes e comportamentos dentro deste bairro e principalmente, irá também influenciar nas relações hierárquicas destes moradores.
E como o estigma depreciativo da impureza era alimentado entre os moradores de Winston Parva? Bem, isso era feito através de um eficiente mecanismo de controle social: a fofoca. Elias nos mostra como a fofoca era uma arma poderosa com que o grupo...
tracking img