Os alunos devem sentir

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1517 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Unip – Universidade Paulista
Professor(a): Ivanor
Aluno(a): Alessandro dos Santos Rabelo
Turma: EF1P30

Relaçao Professor-Aluno

-------------------------------------------------
Brasilia, 25 de março de 2013

Introdução
Desde o início do sistema de ensino existiram várias discussões a respeito do que se deveria ensinar, da forma como se deveria ensinar, e de como deveria ser ocomportamento de professores e alunos, enquanto mestres e aprendizes, em alguns conceitos de educação mais antigos, ou enquanto construtores do conhecimento, em conceitos mais atuais.
Uma das preocupações referentes ao ensino é quanto à relação professor-aluno, se diferentes relações entre docentes e dicentes influenciam de formas diferentes no processo de ensino-aprendizagem. Baseados em algunsautores, expomos algumas idéias a respeito da relação professor-aluno existentes na atualidade e a forma que estas relações podem afetar o ensino e a aprendizagem.

As relações professor-aluno: fator determinante do ensino-aprendizagem
Os alunos devem sentir-se livres e libertos para errar e aprender com seus erros. O sentir-se traduz aqui por Ausência de medo, de angústias. Aprender com os próprioserros é importante para o Crescimento pessoal seja emocional, social ou cognitivo. Com isto, pode-se dizer que o relacionamento educador-educando possui um Vínculo afetivo, facilitando assim o processo ensino-aprendizagem. Através do acolhimento e da segurança que o educador passa a seus educando, eles sentirão alegria e prazer em acompanhar os conteúdos, sendo que, assim as dificuldades serãopercebidas e acolhidas pelo Educador como parte do processo de ensino.Para o trabalho docente, é necessário vontade, disponibilidade, compromisso.
A escola tem, atualmente, como função primordial, a formação de pessoas críticas e aptas para o exercício da cidadania, conscientes de suas obrigações e de seus direitos. Para que os alunos possam chegar a esta formação, é necessário que passem por umasérie de aprendizagens (não serão avaliados aqui os conteúdos e a validade destas aprendizagens, da forma com que são estruturadas atualmente, o aspecto abordado será somente acerca do ensino-aprendizagem), e precisam contar com um orientador durante estas aprendizagens, representado pelo professor.
A orientação dada pelo professor é o que caracteriza o ensino, conceituado por Saint-Onge (1999) comosendo “a organização de métodos de intervenção que permitam ao aluno construir seu saber com base no modelo do saber das diversas disciplinas escolares”, e que tem por função, ainda de acordo com Saint-Onge, ativar e guiar o processo de aprendizagem, o que deixa explícito que não existe ensino onde não há aprendizagem.
Para que isto ocorra, é necessário que o professor tenha plena consciência doseu papel enquanto orientador. O ensino não se baseia apenas na ação de enunciar aquilo que se sabe, se produz em uma relação muito mais complexa do que isto. O ensino deve se basear em uma relação psicopedagógica, uma relação que ativa o processo de aprendizagem no aluno.
As relações entre o professor e o aluno sempre foram um assunto presente nas concepções de ensino e das tendênciaspedagógicas, ainda que em algumas delas, estas relações fossem quase inexistentes, figurando o professor como a figura máxima de poder dentro da sala de aula, enquanto os alunos figuravam apenas como receptáculo de todo o saber enunciado pelo professor, não existindo nenhuma relação mais pessoal entre o mestre e o aprendiz. Nos dias de hoje, há grande preocupação com o efeito que as relações afetivas entre oprofessor e o aluno causam no processo de ensino-aprendizagem. Têm-se dado ênfase às interações sociais, visto que a escola também é um espaço social, e destaca-se o papel determinante do outro da construção do desenvolvimento do indivíduo, e deixa de existir somente a preocupação com “o que” se ensina, e surge a grande preocupação de “como” se ensina.2
O comportamento do professor com cada...
tracking img