Os 7 disperdicios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1080 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
Parte superior do formulário
 Curtir
Qualidade Brasil » Artigos » Lendo o artigo
Princípios Lean e os Sete Desperdícios: uma forma de reduzir custos
Parte inferior do formulário

Você já parou para observar quantas vezes teve que fazer (ou re-fazer) uma determinada tarefa em casa ou no trabalho? Você já se pegou aguardando um documento ouinformação que nunca chega até você? Você já... Se continuássemos a elaborar perguntas semelhantes, esta postagem ficaria igual a uma conversa com respostas monossilábicas: SIM, SIM, SIM! Certo? Então está na hora de mudar um pouco esta situação para que você consiga mais facilmente alcançar os seus objetivos quando vai às compras, na sua empresa e até em casa. Tudo isso que ocorre e que separavocê do seu objetivo chama-se Muda (palavra japonesa que significa desperdício e pronuncia-se mudáccccImportante ressaltar que apesar da sua origem ser no chão de fábrica, os Princípios Lean se aplicam aos escritórios ou setores administrativos privados e até públicos (não sei porque lembrei daquela música: “Sonho meu... sonho meu... vai buscar quem mora longe, sonho meu.”) 

No início do séculoum executivo da Toyota chamado Taiichi Ohno (1912-1990), considerado o maior crítico do desperdício, identificou 7 formas diferentes de desperdício que são facilmente encontradas nos mais diversos tipos de negócios, em pequenas e grandes empresas, em casa e até mesmo num destes quiosques onde paramos para comprar um lanche no final da tarde. Para entendermos melhor estes desperdícios devemos antesentender quais Princípios Lean (as nossas referências) serão usados como base para a identificação e visualização correta de cada um destes 7 desperdícios. O que queremos ao final é fazer mais com menos: menos esforço, menos equipamentos, menos espaço, menos tempo, ficando próximo da perfeição que é o desejo do nosso cliente.

Os Cinco Princípios Lean são os seguintes:

Valor: ponto departida para o Lean ou Pensamento Enxuto e deve ser definido pelo cliente final. Muitas empresas criam ciclos de debates tentando criar conceitos sobre o que seus produtos entregam de valor aos seus clientes (ledo engano), mas Valor é função do cliente e ponto final. Se optar por fazer esta mesma reunião então convide um cliente ou eleja um representante do seu cliente neste mesmo fórum. Valor é o pontode partida do Pensamento Enxuto.

Cadeia (ou Fluxo) de Valor: Identificação do conjunto de atividades necessárias para desenhar, desenvolver, ordenar e prover um produto, serviço ou até a combinação dos dois. Existem três tipos de processos: os que geram valor para o cliente final, os que não geram mas são necessários ou importantes como processos de manutenção, qualidade, regulamentos, normas(muda tipo 1) e os que realmente não agregam qualquer valor (muda tipo 2). Estes são os nossos principais inimigos e devemos atacá-los já no início da nossa luta contra os desperdícios.

Fluxo Contínuo: conhecido o Valor e identificada a Cadeia de Valor devemos então (uma vez já eliminados os desperdícios que serão apresentados a seguir) pensar em gerar Fluxo Contínuo aos processos e para issoprecisaremos mudar alguns conceitos pré-existentes, pois o grande problema na geração de Fluxo Contínuo é o fato de ser Contra-Intuitivo. Apresar de estimulante, esta é uma das fases mais difíceis do processo, pois o nosso pensamento normalmente trata de trabalhos em lotes ou “departamentalizados” o que efetivamente não cria Fluxo Contínuo.

Produção Puxada: nada deve ser produzido até que ocliente final sinalize sua necessidade, é uma inversão do fluxo produtivo. Se pensarmos na produção de livros, boa parte é destruída ou reciclada se a produção for muito maior que a demanda. Devemos pensar também na preparação necessária para atender as solicitações do cliente final.

Perfeição: considerando-se que já especificamos o que é Valor (definido pelo cliente final), já estabelecemos a...
tracking img