Origens da gerencia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2061 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
-------------------------------------------------
AS ORIGENS DA GERÊNCIA

* Como começa o CAPITALISMO INDUSTRIAL?
* O que é capitalismo industrial ?

O capitalismo industrial é uma nova fase desse sistema econômico, que surge em meio a um processo de revoluções políticas e tecnológicas, na segunda metade do século 18. Com essa nova fase é superado o capitalismo comercial, tambémchamado de mercantilismo, que surgiu em fins do século 14 e vigorou até então. Muitos fatores econômicos, sociais e políticos contribuíram para o desenvolvimento dessa nova forma de capitalismo.

- Trabalhadores sob o mesmo teto
- Mera aglomeração de pessoas
- Os métodos eram os mesmos dos artesãos
- Comprava-se o trabalho

* Como surge a necessidade da GERÊNCIA?
- Trabalho cooperativo
*Ordenar operações
* Controlar estoques
* Definir prioridades
* Atribuir funções
* Organizar compras e pagamentos

2.1.1 A FUNÇÃO DA GERÊNCIA
Quando a gerência é estudada como uma disciplina acadêmica (FREEMAN, op.
cit. e SISK e SVERDLIK, op. cit. e SENLLE, 1992), é importante considerá-la como
um processo, por ser analisada e descrita em termos de várias funçõesfundamentais.
Ao discutir o processo gerencial é conveniente, e também necessário, descrever
e estudar cada função do processo separadamente. Como resultado, poderia parecer que
o processo gerencial é uma série de funções separadas, cada uma delas encaixadas
ajustadamente em um compartimento a parte (SISK e SVERDLIK, op. cit.). Este deve ser subdividido, e cada parte componente discutidaseparadamente. Na prática, um
gerente pode (e isso ocorre com freqüência) executar simultaneamente, ou ao menos de
forma continuada, todas ou algumas das seguintes quatro funções: planejamento,
organização, direção e controle (SISK e SVERDLIK, op.cit.).
PLANEJAMENTO: é o início da gerência (do ato de gerenciar). Primeiramente,
deve-se verificar a situação em termos externos, os fatores sobre os quaisnão se tem
controle e que afetam a organização, e internos, condições atuais.
Após a análise destes fatores, se tem uma visão do motivo da existência do
grupo e de sua função. É possível, então, definir os objetivos a atingir, que sejam claros,
mensuráveis, específicos e desafiadores, calcados em consenso e dentro do tempo e
espaço.
As estratégias servem para se alcançar os objetivos. Elastêm de ter as suas
mesmas características. Em seguida, deve-se programar as atividades para se saber
quem vai fazer o quê e quando.
ORGANIZAÇÃO: criar órgãos é definir as atividades a executar, agrupá-las em
cargos, definir quem faz cada uma delas, formalizar autoridade e responsabilidades,
traçar linhas de comunicação entre os cargos e clarificar normas e regras para um
trabalho eficiente.DIREÇÃO: para o trabalho ser eficiente (relação custo/benefício) as pessoas
precisam ver sentido no que estão fazendo. Elas precisam de desafio e confiança, por
parte da gerência. Motivação, clima de trabalho adequado, espírito de equipe é o que as
pessoas precisam para acreditar nos objetivos propostos. Tem relação com liderança,
satisfação e motivação no trabalho.
CONTROLE: plano feito,boa organização, clima adequado, mas o fundamental
é o acompanhamento completo de todas as tarefas anteriores para que os objetivos
sejam atingidos. Tudo isso preserva a saúde do processo de trabalho como também a
realização de metas.
A ação corretiva do controle dá lugar, quase invariavelmente, a um
replanejamento dos planos; e é por isso que muitos estudiosos do processo gerencial
consideramambas funções como parte de um ciclo contínuo de planejamento-controleplanejamento
(SISK e SVERDLIK, op. cit.).
De acordo com os aspectos aqui relatados, a gerência das organizações é a
extensão de seu compromisso com suas metas e propósitos; é, em grande parte, o
resultado da clareza e maneira com que os objetivos são estabelecidos. Sem objetivos1
não há necessidade de uma organização; e...
tracking img