Oleo mineral e lubrificantes

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2915 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO DE ENSINO UNIFICADO DO MARANHÃO
UNIVERSIDADE CEUMA
CURSO SUPERIOR TECNOLOGICO DE PETRÓLEO E GÁS

Aluna: Karla Michele Costa Nogueira


OLEO MINERAL E LUBRIFICANTES:

São Luís
2012

Aluna: Karla Nogueira


OLEO MINERAL E LUBRIFICANTES:
Projeto apresentado à disciplina de Química Aplicada I, ministrada pelo professor Elom para obtençãoda nota do 2° bimestre em Superior Tecnologico de Petróleo e Gás, da Universidade Ceuma.



São Luís
2012

SUMÁRIO

2. INTRODUÇÃO..................................................................................................................4

3. INÍCIO...........................................................................................................54. DE QUE MANEIRA SURGIU A NECESSIDADE DE UBRIFICAÇÃO?.......5

5. PROCESSOS DE REFINO PARA PRODUÇÃO DE LUBRIFICANTES.......6

6.1 Destilação Atmosférica e a Vácuo.....................................................................7

4.1.1. Destilação Atmosférica ...................................................................................7

4.1.2. Destilação aVácuo............................................................................................8

5. DESASFALTAÇÃO A PROPANO......................................................................9

6. DESAROMATIZAÇÃO A FURFURAL.........................................................10

7.BIBLIOGRAFIA...................................................................................................11

INTRODUÇÃO

Os óleos lubrificantes representam cerca de 2% dos produtos derivados de petróleo e são largamente empregados para fins industriais. Será mostrado de que maneira surgiu a necessidade de lubrificação quais os processos para obtenção do refino, sua importância, como perceber como ele está presente em vários momentos do nosso dia a dia.

LUBRIFICAÇÃO2. INÍCIO


Dados históricos confirmam que há mais de mil anos A.C. o homem já utilizava processos de diminuição de atrito, sem conhecer estes princípios, como hoje, são conhecidos por lubrificação. Embora não muito à vista, pois sua região de trabalho geralmente é escondida entre as engrenagens de um equipamento, a lubrificação desenvolve uma importante função de qualquer máquina. É difícildeixar de relacionar a ideia de lubrificação ao petróleo, isto porque substâncias derivadas do mesmo são mais frequentemente empregadas na formulação de óleos lubrificantes
A origem da palavra petróleo vem do latim petra (pedra) + oleum (óleo). O petróleo já era conhecido antes mesmo do seu real descobrimento, pois inúmeras referências são encontradas, inclusive em textos bíblicos em que ospovos antigos como os egípcios, gregos, fenícios, e astecas o utilizavam em diferentes aplicações, tais como: embalsamento Calafetação de embarcações, flechas incendiárias, material de liga para construções

3. DE QUE MANEIRA SURGIU A NECESSIDADE DE LUBRIFICAÇÃO?

Era necessário descobrir um meio de minimizar o atrito. O meio ambiente preferido da lubrificação geralmente é a área de atrito.Da mesma maneira que existem diferentes tipos de atrito, existem diferentes tipos de lubrificantes (óleo lubrificante, graxa, etc.). Os diferentes tipos de atrito são encontrados em qualquer tipo de movimento entre sólidos, líquidos ou gases.
O atrito pode ser definido como a resistência que se manifesta ao se movimentar um corpo sobre uma superfície. Como o atrito é sempre menor que o atritosólido, a lubrificação consiste na interposição de uma substância fluída entre duas superfícies, evitando-se assim, o contato sólido com sólido, produzindo-se o atrito fluido.
Lubrificação em si, quer dizer menos esforço, menor atrito, menos desgaste, enfim, diminuição no consumo de energia. Entre os diferentes tipos de produtos usados na lubrificação, a partir de agora vamos concentrar nossas...
tracking img