Obesidade infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2053 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FAINOR- FACULDADE INDEPENDENTE DO NORDESTE

CURSO EM GRADUAÇÃO EM ENFERMAGEM







DIEGO















OBESIDADE PROBLEMA NUTRICIONAL NA INFÂNCIA























VITORIA DA CONQUISTA

NOVEMBRO 2011.

DIEGO













OBESIDADE PROBLEMA NUTRICIONAL NA INFÂNCIAProjeto de pesquisa apresentado à disciplina Metodologia da Pesquisa Cientifica, ministrada pelo professor Dr. Benedito Eugênio.



















VITORIA DA CONQUISTA

NOVEMBRO 2011.



1. Introdução

A obesidade é o problema nutricional de maior crescimento em todo o mundo, revestindo-se de grande importância na pediatria preventiva e na saúde pública.(FISBERG et al., 2004, p.4). Devido à dimensão que esta vem adquirindo as últimas décadas tem sido referendada como uma epidemia, não só nas Américas, mas, praticamente, no mundo inteiro (OLIVEIRA, FISBERG, 2003, p.107;).

Em muitos países a obesidade infantil está aumentando dramaticamente, especialmente nos economicamente desenvolvidos. Apesar de encontrar-se uma menor prevalência nos países emdesenvolvimento, esta está aumentando de forma significativa em muitas partes do mundo. (LOBESTEIN, BAUER, UAUY, 2004, p. 4).

A obesidade pode ser de origem exógena, abrangendo 95 % a 98 % dos casos, ou endógena. A obesidade exógena origina-se do desequilíbrio entre a ingestão e o gasto calóricos (MELLO, 2004, p.283-7). Crianças e adolescentes obesos são mais predispostos a se tornarem adultosobesos e o risco aumenta quando seus pais também são obesos. Estudos americanos longitudinais recentes mostraram que a probabilidade de crianças, com índice de massa corporal (IMC) elevado, apresentar sobrepeso ou obesidade à idade de 35 anos aumentava de forma significativa à medida que a idade destas avançava (GUO, CHUMLEA, 1999, p.S147S; GUO et al.,2002, p.655).

Prevenir a obesidade infantilsignifica diminuir, de uma forma racional e menos onerosa, a incidência de doenças crônico-degenerativas. A escola é um local importante onde esse trabalho de prevenção pode ser realizado, pois nela as crianças fazem pelo menos uma refeição diária, além de adquirirem novos hábitos e comportamentos. Neste contexto, o trabalho de educação nutricional, aliado à promoção da atividade física, podeproduzir hábitos mais saudáveis na população escolar, reduzindo o risco para a obesidade (SAHOTA et al., 2001a, p.1-ref.122; SAHOTA et al, 2001b, p.1-ref123).











2. Objetivos

1. Objetivo Geral

Conscientizar os alunos do ensino fundamental de Escolas Municipais de Vitória da Conquista – BA, para a importância de ter hábitos saudáveis na alimentação.

2.Objetivos Específicos

– Verificação do índice de massa corpórea dos alunos;

– Verificar hábitos alimentares dos alunos;

– Verificar hábitos físicos dos alunos;

– Conhecer e compreender a pirâmide alimentar;

– Aplicar um projeto de conscientização de hábitos de vida saudável baseado em alimentação e atividade física.3. Justificativa

As crianças estão se tornando cada vez mais vulneráveis ao excesso de peso em todo o mundo. A estimativa mundial é de que 10% das crianças em idade escolar tenham excesso de peso, sendo que nas Américas esses percentuais ultrapassam 30% (LOBSTEIN, BAUER, UAUY, 2004. p.4-5). De acordo com a International Obesity Task Force (IOTF) existem no mundo, pelo menos, 155 milhões deescolares com sobrepeso ou obesidade (IOTF, 2005. p.2).

Estudos sobre as mudanças nutricionais no país demonstram que enquanto declina acentuadamente a ocorrência da desnutrição em crianças, aumenta a prevalência de sobrepeso e obesidade na população brasileira, indicando um comportamento claramente epidêmico deste problema (BATISTA FILHO, RISSIN, 2003. p.S183-4). No Brasil, nas últimas...
tracking img