Neuroeduca

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3955 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Anais do 2º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária Belo Horizonte – 12 a 15 de setembro de 2004

NEUROEDUCA - Inserção da Neurobiologia na Educação Área Temática de Educação Resumo As estratégias pedagógicas utilizadas pelo educador no processo ensino-aprendizagem são estímulos que reorganizam o sistema nervoso em desenvolvimento, produzindo aquisição de comportamentos, objetivo daeducação. O educador atua nas transformações neurobiológicas que produzem aprendizagem, mas desconhece como o cérebro funciona. Esse conhecimento poderia tornar o trabalho do educador mais significativo, autônomo e eficiente? O projeto NEUROEDUCA pretende orientar educadores na utilização do conhecimento das neurociências no ensino e na abordagem dos problemas de aprendizagem, visando desenvolvimentode práticas promotoras da aprendizagem e preventivas e terapêuticas das suas dificuldades. Em reuniões periódicas, com grupos de educadores, de escolas ou creches, estaduais ou municipais, através de identificação de demandas, palestras, leituras, vídeos e trabalhos práticos, são discutidos fundamentos neurobiológicos do processo ensinoaprendizagem (estrutura, organização, desenvolvimento,funções, afecções do sistema nervoso), fatores influenciadores da aprendizagem e intervenções para melhoria desse processo. O projeto tem resultado em: estimulação do professor para aproveitamento do conhecimento científico; modificações de estratégias pedagógicas; melhoria das relações professor/aluno; professor/professor; professor/escola; professor/família; e fundamentação teórica da prática doprofessor. A compreensão do processo ensino-aprendizagem e das intervenções sobre esse proporciona mudanças na prática cotidiana dos professores da educação infantil e fundamental e melhoria da qualificação do profissional da educação. Autores Leonor Bezerra Guerra (coordenador - professora adjunto, médica, doutora em Ciências Morfológicas/UFMG). Alexandre Hatem Pereira (bolsista - aluno graduaçãoMedicina) Mariana Zaramela Lopes (voluntário - aluno graduação Medicina) Instituição Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG Palavras-chave: educação; neurociência; aprendizagem Introdução e objetivo Educar é promover a aquisição de novos comportamentos. As estratégias pedagógicas utilizadas pelo educador no processo ensino-aprendizagem são estímulos que levam à reorganização do sistema nervoso emdesenvolvimento, o que produz as mudanças comportamentais. O educador está cotidianamente atuando nas transformações neurobiológicas cerebrais que levam à aprendizagem. No entanto, desconhece como o cérebro funciona. O conhecimento na área das neurociências cresceu muito nos últimos anos, principalmente devido à chamada “década do cérebro” (1990-1999). Sabendo que o cérebro é o órgão daaprendizagem, qual seria a contribuição das neurociências para a educação? O conhecimento do funcionamento do cérebro, objeto de estudo das neurociências, poderia contribuir para o processo ensino-aprendizagem mediado pelo educador? Conhecer a organização do cérebro, suas funções, períodos críticos, as habilidades cognitivas e

emocionais, as potencialidades e limitações do sistema nervoso, as dificuldadesde aprendizagem e intervenções apropriadas, poderia tornar o trabalho do educador mais significativo e autônomo? Saber como o cérebro “aprende”, tornaria a “mágica do ensinar e aprender” mais eficiente, com repercussões positivas para os aprendizes? Atualmente, no Brasil, a educação ainda não faz uso do conhecimento disponível sobre o funcionamento do sistema nervoso para orientação de suaprática. Perguntas como: Por que algumas crianças se adaptam melhor a uma determinada metodologia pedagógica do que a outras? O que faz com que algumas crianças tenham grande facilidade para a matemática, mas amarguem dificuldades em português ou história? Ensinar uma segunda língua a uma criança em processo de alfabetização é proveitoso? Qual é a melhor idade para a iniciação musical? O bebê já...
tracking img