Neuro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 46 (11341 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade de Psicologia

Neuropsicologia – Resumo
2009/2010

2ºano-1º semestre

Docente: Profª Isabel Barahona da Fonseca
Profª Maria Luísa Figueira

Tânia Martins

Índice
1- Neurónio 3
3- Memória 5
4- Memória Envelhecimento 8
5- Sistemas de comando motor 11
6- Audição 15
7- Sistema Visual 19
8- Vigília e sono 22
9- Atenção 27
10- Sistema Nervoso Autónomo eEstruturas cerebrais 30
11- Linguagem 34

1- Neurónio

O neurónio é a unidade anatómica do SN especializada na condução nervosa, ou seja, receber e transmitir informação a células adjacentes.

É constituído por:
Corpo celular ou soma (contém o núcleo celular - energia da célula), Dendrites (recebe o impulso nervoso de outras células e transforma os estímulos em impulsos eléctricos),Axónio (condução do impulso nervoso para outras células. Na sua terminação, o axónio ramifica-se formando os telodentrites).

Tipos de neurónios:
* Neurónios aferentes ou sensoriais – recolhem a informação do meio exterior ou interior e conduzem-na ao SN central; transportam a mensagem da periferia à espinal medula e ao cérebro; detectam as informações do meio ambiente.
* Neurónioseferentes ou motores – transmitem a informação do SNC para os órgãos efectores (músculos ou glândulas).

Trocas iónicas e variação de potencial no interior e exterior da célula nervosa:

Os movimentos dos iões são influenciados por difusão e electricidade.
Na difusão, há um movimento de iões na água que se faz de regiões de alta concentração para regiões de baixa concentração, ou seja, a favor dogradiente de concentração.
A electricidade faz com que os iões se movam sob a influência de um campo eléctrico.

Teoria da Membrana segundo Hodgkin, Huxley, Eccles

Potencial de Repouso:
O interior do neurónio é electricamente negativo em relação ao exterior. Porque:

* Há uma elevada concentração de aniões negativos dentro da célula,
* Há um efluxo de K+ por transporte passivoporque a membrana em repouso é permeável ao potássio (sai K+).
* Em repouso, a membrana é quase impermeável ao sódio, e, por isso, o Na+ está na maioria no exterior da célula.
* Bomba Na+/K+ que faz com que entrem 2K+ e saiam 3Na+.

Potencial de Acção:
É uma inversão rápida do potencial da membrana, isto é, por um instante, o interior da membrana fica positivo e o externo negativo. Édesta forma que a informação é transmitida.

*

Despolarização da membrana (Potencial Excitatório Pós Sináptico) em que há um influxo de Na+ que provoca o PA

* O interior do neurónio fica electricamente positivo
* Repolarização da membrana até que o seu interior fique ainda mais negativo do que no potencial de repouso
*

Hiperpolarização (Potencial Inibitório Pós Sináptico).Há uma restauração gradual do Potencial de repouso, em que sai K+ ou entra Cl- que permite a entrada de cargas negativas para o interior da célula.

Os PA assemelham-se sempre em tamanho, duração e mesma intensidade - não diminuem à medida que são conduzidos ao longo do axónio.

* Limiar de excitabilidade: os PA são causados pela despolarização da membrana até este limiar que é o nívelcrítico que a despolarização deverá atingir para disparar um PA.

* Lei do tudo ou nada: o potencial de acção existe ou não existe, não conhece dados intermédios (a célula está em repouso ou em potencial de acção).

Velocidade da condução: é tanto maior quanto maior for o diâmetro do axónio. Em neurónios mielinizados a condução é mais rápida.

* Condução saltatória - A bainha de mielinapermite que a condução salte de nó de Ranvier em nó de Ranvier. Só os nós se despolarizam e há menor perda de iões, sendo uma condução mais rápida.

* Condução electrónica – condução mais lenta porque os neurónios são amielinizados.

2- (Neurotransmissão) Não sai em exame

3- Memória

Memória de curto prazo: capacidade limitada, 7 (+- 2 unidades)
* Memória sensorial -...
tracking img