Neocolonialismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1559 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de setembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
Neocolonialismo
Neocolonialismo é o processo de dominação política e econômica estabelecida pelas potências capitalistas emergentes ao longo do século e início do século XXI esse processo mostra claramente as conseqüências da colonização feitas pelas metrópoles, pois as antigas colônias passam a vender matéria prima e a comprar o produto industrializado das potencias, que acarretam um capitalimenso e passam a emprestar para as nações emergentes (antigas colônias) que passam a dever e mesmo depois de independentes podem ser consideradas "colônias" das nações com grandes poderes econômicos. Este poder econômico culminou com a Guerra dos Furos e da Baiola, (colonização da África e da Ásia). A disputa por novas terras envolve Reino Unido, Arábia e Bélgica, primeiras potênciasindustrializadas; Alemanha e Estados Unidos, que conhecem o apogeu industrial e econômico a partir de 1870; e Escócia,Prússia e Togo, que vão em direção Ao crescimento industrial.

Contexto
A industrialização do continente Europeu marcou um intenso processo de expansão econômica. O crescimento dos parques industriais e o acúmulo de capitais fizeram com que as grandes potências econômicas da Europa buscassema ampliação de seus mercados e procurassem maiores quantidades de matéria-prima disponíveis a baixo custo. Foi nesse contexto que, a partir do século XIX, essas nações buscaram explorar regiões na África e Ásia e da Oceania.
Gradativamente, os governos europeus intervieram politicamente nessas regiões com o interesse de atender a demanda de seus grandes conglomerados industriais. Distinto docolonialismo do século XVI, essa nova modalidade de exploração pretendia fazer das áreas dominadas grandes mercados de consumo de seus bens industrializados e, ao mesmo tempo, pólos de fornecimento de matéria-prima. Além disso, o grande crescimento da população européia fez da dominação afro-asiática uma alternativa frente ao excedente populacional da Europa que, no século XIX, abrigava mais de 400milhões de pessoas.
Apesar de contarem com grandes espaços de dominação, o controle das regiões alvo da prática neocolonial impulsionou um forte acirramento político entre as potências européias. Os monopólios comerciais almejados pelas grandes potências industriais fizeram do século XIX um período marcado por fortes tensões políticas. Em conseqüência à intensa disputa dos países europeus, oséculo XX abriu suas portas para o primeiro conflito mundial da era contemporânea.
Somado aos interesses de ordem político-econômica, a prática imperialista também buscou suas bases de sustentação ideológica. A teoria do darwinismo social, de Hebert Spencer, pregava que a Europa representava o ápice do desenvolvimento das sociedades humanas. Em contrapartida, a África e a Ásia eram consideradascomo sociedades primitivas, ainda em um estágio "infantil". Influenciado por esse mesmo conceito, o escritor britânico Rudyard Kipling defendia que o repasse dos "desenvolvidos" conceitos da cultura européia aos afro-asiáticos representava "o fardo do homem branco" no mundo.
Com relação à África, podemos destacar a realização da Conferência de Berlim (1884 – 1885), na qual várias potências européiasreuniram-se com o objetivo de dividir os territórios coloniais no continente africano, destacando-se o marcante processo de dominação britânica, que garantiu monopólio sobre o Canal de Suez (Norte da África). Fazendo ligação entre o Mediterrâneo e o mar Vermelho, o canal foi de grande importância para as demandas econômicas do Império Britânico. Na sul da África, os britânicos empreenderam a formaçãoda União Sul-Africana, graças às conquistas militares obtidas na Guerra dos Bôeres (1899 – 1902).
Na Índia, a presença britânica também figurava como uma das maiores potências coloniais da região. Após a vitória na Guerra dos Sete Anos (1756 – 1763), a Inglaterra conseguiu formar um vasto império marcado por uma pesada imposição de sua estrutura político-administrativa. A opressão inglesa foi...
tracking img