Nbr14280

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 119 (29621 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de fevereiro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
NBR 14280

ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas
Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 28º andar CEP 20003-900 – Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro – RJ Tel.: PABX (021) 210-3122 Fax: (021) 220-1762/220-6436 Endereço Telegráfico: NORMATÉCNICA

Cadastro de acidente do trabalho Procedimento e classificação

Copyright © 2001, ABNT–Associação Brasileira de Normas Técnicas Printedin Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

Origem: Projeto NBR 14280:2000 ABNT/CB-02 - Comitê Brasileiro de Construção Civil CE-02:142.07 - Comissão de Estudo de Cadastro de Acidentes NBR 14280 - Work accidents cadastre - Procedure and classification Descriptors: Accident. Statistic. Safety Esta Norma substituí a NBR 14280:1999 Válida a partir de 30.03.2001 Palavras-chave:Acidente. Estatística. Segurança 94 páginas

Sumário Prefácio Introdução 1 Objetivo 2 Definições 3 Requisitos gerais 4 Requisitos específicos 5 Classificação ANEXOS A Índice alfabético da classificação B Modelos de formulários Índice alfabético Prefácio A ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas - é o Fórum Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras, cujo conteúdo é de responsabilidadedos Comitês Brasileiros (ABNT/CB) e dos Organismos de Normalização Setorial (ABNT/ONS), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratórios e outros). Os Projetos de Norma Brasileira, elaborados no âmbito dos ABNT/CB e ABNT/ONS, circulam para Consulta Pública entre osassociados da ABNT e demais interessados. Esta Norma possui os anexos A e B, de caráter informativo. Introdução Esta Norma de “Cadastro de acidentes”, assim como a anterior, denominada e conhecida como NB-18, contou com a colaboração de representantes de diversos setores de atividades, utilizando-se subsídios de fontes nacionais e estrangeiras, aproveitando-se das primeiras o resultado de importantesexperiências vividas no país e, das últimas, ampla cópia de dados e informações colhidas de grandes empresas.

Cópia não autorizada

2

NBR 14280:2001
Esses elementos foram utilizados segundo sistemática própria, cabendo salientar os aspectos sublinhados na apresentação da revisão da NB-18:1975, que deu origem à NBR 14280:1999. Para a elaboração desta Norma adotaram-se conceitos edefinições com vistas a aumentar a eficiência do trabalho de prevenção, pela fixação de linguagem uniforme entre os que analisam os acidentes, suas causas e conseqüências, procurando-se fazer dela instrumento de pesquisa das causas do acidente, mais do que objeto de simples registro de suas conseqüências. Foi também estabelecida a nítida diferença entre acidente e lesão, e entre acidente e acidentado.Distinguiram-se acidentes impessoais de acidentes pessoais, agrupando os primeiros em espécies para diferenciá-los dos últimos, classificados como de praxe, em tipos, deixando claro que entre um acidente impessoal e uma lesão pessoal resultante há sempre um acidente pessoal a caracterizar. Procurou-se, além disso, estimular a pesquisa do fator pessoal de insegurança, que vinha sendo omitida esubstituída pela simples indicação do ato inseguro. Foi fixado o conceito de acidentado, como vítima de acidente, o que impede a confusão que ocorre quando se usa a palavra lesões referindo-se quer a número de lesões, quer a número de acidentados. Foi apresentada extensa classificação de 10 elementos essenciais à análise e às estatísticas dos acidentes, suas causas e conseqüências, com a inclusão entreeles do fator pessoal de insegurança, considerado de grande importância para a boa análise das causas. Essa classificação foi codificada de forma a permitir a utilização em processamento de dados e eventuais inclusões consideradas necessárias em situações específicas. Preferiu-se apresentar os itens da classificação ordenados segundo critério lógico, em vez de utilizar a ordenação alfabética....
tracking img