Narcisismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1005 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
NARCISISMO

VERBETES ‘NARCISISMO’ E COMPLEXO DE ÉDIPO’, EXTRAÍDOS DE

LAPLANCHE, J.. E PONTALIS J-.B. Vocabulário da psicanálise. São Paulo; Martins Fontes, 1994.

= D.: Narzissmus. - F.: narcissisme. - En.: narcissism. - Es.: narcisismo. - I.: narcisismo.

Por referência ao mito de Narciso, é o amor pela imagem de si mesmo.

1. O termo narcisismo aparece pela primeira vez em Freudem 1910, para explicar a escolha de objeto nos homossexuais; estes “... tomam a si mesmos como objeto sexual; partem do narcisismo e procuram jovens que se pareçam com eles, e a quem possam amar como a mãe deles os amou".
A descoberta do narcisismo leva Freud a propor - no Caso Schreber, 1911 - a existência de uma fase da evolução sexual intermediária entre o auto-erotismo e o amor de objeto."O sujeito começa por tomar a si mesmo, ao seu próprio corpo, como objeto de amor", o que permite uma primeira unificação das pulsões sexuais. Em Totem e tabu (1913) ele expressa o mesmo ponto de vista.
2. Vemos que Freud já fazia uso do conceito de narcisismo antes de "introduzi-lo" através de um estudo especial (Sobre o narcisismo: uma introdução [1914]). Mas, neste texto, é no conjunto dateoria psicanalítica que ele introduz o conceito, considerando particularmente os investimentos libidinais. Com efeito, a psicose põe em evidência a possibilidade que a libido tem de reinvestir o ego desinvestindo o objeto; isto implica que “... fundamentalmente, o investimento do ego persista e se comporte para com os investimentos de objeto como o corpo de um animálculo protoplásmico para com ospseudópodes que emitiu". Referindo-se a uma espécie de princípio de conservação da energia libidinal, Freud estabelece um equilíbrio entre a "libido do ego" (investida no ego) e a "libido objetal": "quanto mais uma absorve, mais a outra se empobrece" . "O ego deve ser considerado como um grande reservatório de libido, de onde a libido é enviada aos objetos, e que está sempre pronto a absorverlibido que reflua dos objetos."
No quadro de uma concepção energética que reconhece a permanência de um investimento libidinal do ego, somos levados a uma definição estrutural do narcisismo. O narcisismo já não surge como uma fase evolutiva, mas como uma estase da libido que nenhum investimento de objeto permite ultrapassar completamente.
3. Tal processo de desinvestimento do objeto e deretirada da libido sobre o sujeito já tinha sido destacado por K. Abraham em 1908 a partir do exemplo da demência precoce. "A característica psicossexual da demência precoce é o retomo do paciente ao auto-erotismo (...) O doente mental transfere para si só, como seu exclusivo objeto sexual, a totalidade da libido, que a pessoa normal orienta para todos os objetos animados ou inanimados que a rodeiam.”Freud fez suas estas concepções de Abraham: "... elas conservaram-se na psicanálise e tornaram-se a base da nossa atitude para com as psicoses". Mas acrescenta a idéia - que permite especificar o narcisismo com relação ao auto-erotismo- de que o ego não existe de início como unidade e que exige, para se constituir, "uma nova ação psíquica".
Se quisermos conservar a distinção entre um estado emque as pulsões sexuais se satisfazem de forma anárquica, independentemente umas das outras, e o narcisismo, em que o ego na sua totalidade é tomado como objeto de amor, seremos levados a fazer coincidir a predominância do narcisismo infantil com os momentos formadores do ego.
Neste ponto, a teoria psicanalítica não é unívoca. Numa perspectiva genética, podemos conceber a constituição do egocomo unidade psíquica, correlativamente à constituição do esquema corporal. Podemos ainda pensar que tal unidade é precipitada por uma determinada imagem que o sujeIto adquire de si mesmo segundo o modelo do outro, e que é precisamente o ego. O narcisismo seria a captação amorosa do sujeito por essa imagem. J. Lacan relacionou este primeiro momento da formação do ego com a experiência narcísica...
tracking img