Muammar kadafi

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1322 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
QUEM FOI MUAMMAR KADAFI

Muammar Abu Minyar al- Gaddafi nasceu em 7 de junho de 1942 na Líbia, filho de pastor de camelos que garantiu seus estudos em uma rígida escola longe de seus pais. Aos 17 anos iniciou a carreira militar ( Benghazi) segunda principal cidade do pais, e também integrou a Real Academia Sandhurst na Inglaterra.

SUA TRAJETORIA

Kadafi chegou ao poder em 1969, sem derramarsangue, por meio de um golpe de estado sobre o rei Idris I, e assumiu a função formal de Chefe da Nação até 1977. Ele aboliu a constituição líbia de 1951e estabeleceu políticas alinhadas com sua ideologia chamada de Terceira Teoria Internacional, ele tentava passar imagem de um estadista - filosofo onde se auto – intitulou “Líder Irmão”.

A Líbia experimentou alguns períodos de forte crescimentoeconômico, por muito abalado pelas sanções impostas por países ocidentais contra seu governo. Devido às enormes rendas provenientes do petróleo, Kadafi sustentou a Líbia com um dos melhores índices de qualidade de vida, alem de aumentar a participação das mulheres na vida publica e mais direitos aos negros. Durante o seu governo, a Líbia teve uma das menores dividas publicas do mundo, kadafi mesmo assimcontrolava boa parte das riquezas de seu país em suas próprias mãos e de membros de sua família.

Em 1971 criou o único partido no pais (União Socialista Árabe), buscou alianças com o Egito, Tunísia, Argélia e Marrocos. Sofreu um golpe de estado no ano de 1973 que Foi fracassado, anunciou uma revolução cultural com a inclusão de pequenos ministérios. Dois anos depois ele superou uma novatentativa de golpe e no ano seguinte publicou o livro “VERDE” uma espécie de constituição na qual expôs sua filosofia política, alternativa nacional ao socialismo e ao capitalismo, combinada com a do Islamismo.

Em 1977 criou o Estado das Massas (Jamahiriya) em que o poder é exercido através de comitês populares.

Em 1982 o governo norte americano proibiu a importação de petróleo da líbia, como medidapunitiva ao supostos grupos terroristas.

Durante o ano de 1984 renovou o Congresso Geral do Povo e criou duas novas secretarias, a de Universidades e de Segurança Exterior.

No ano de 1986 após um atentado a bomba em Berlim onde morreram dois cidadãos norte americanos o EUA lançaram ataques aéreos contra Trípoli e Benghazi e impuseram sanções econômicas contra o pais, durante o bombardeio americanoa Trípoli kadafi perdeu sua esposa e sua filha e distanciou-se superficialmente dos grupos terroristas.

Com relação à política externa em 1988 reconciliou-se com a Tunísia e a Argélia, no que se diz respeito à política interna ele voltou a mandar prender fundamentalistas Islâmicos.

Entre o ano de 1992 e 1993 a ONU impôs serias sanções a Líbia acusando Kadafi de financiar o terrorismo pelomundo, a mesma foi suspensa em 1999.

Neste mesmo período (1993) com a situação econômica do pais em decadência e aumentando o descontentamento popular, um grupo de oficiais do exercito liderou uma tentativa de golpe de estado onde fracassou.

O chefe do estado líbio no ano de 1998 sofreu um atentado a uma nova tentativa de golpe que também fracassou e o regime foi mantido.

Na década de 2000 Kadafipagou indenizações às famílias pelo atentado de Lockerbie, onde na mesma década George W. Bush diz ter acabado com o arsenal nuclear Líbio.

No ano de 2002 forneceu os impulsos a meios financeiros decisivos para a criação da união africana, na qualidade do “Rei dos Reis” da áfrica empregou bilhões na infra-estruturar e turismo dos países africanos irmão

Em 2003 Kadafi renunciou as armas dedestruição em massa, foram suspensas as sanções da ONU contra seu país.

Já em 2011 frente a protestos pedindo sua derrocada do poder. Kadafi respondeu aos manifestantes com violência, porem as manifestações contraria a seu governo se intensificaram. Então surgiu uma violenta guerra civil colocando em confronto forças leais a seu poder e contrarias a seu regime (rebeldes). Kadafi foi acusado de...
tracking img