Ms-dos - comandos e usabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6851 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Mesmo com a interface gráfica para praticamente tudo, muitas vezes pode valer mais a pena fazer uma coisa pelo prompt de comando do Windows, que nas versões 2000/XP/2003/Vista servem como um "emulador" de MS-DOS. Tanto manualmente (direto no prompt) como automaticamente, usando arquivos em lote (simples arquivos de texto com comandos, que serão executados na ordem em que aparecem ou com algumaregra, uma "programação em script", normalmente arquivos ".bat"). Imagine trocar as extensões de todos os arquivos .jpeg de uma pasta para .jpg. Fazer isso pelo Explorer lhe tomaria muito tempo, além de ser extremamente tedioso.

Além disso, quando você acessa o sistema remotamente, é possível administrar uma série de coisas via linha de comando (útil nas versões de servidor do Windows, porexemplo, onde não se tem acesso local e/ou não se pode usar recursos gráficos à vontade). Estarei aqui listando diversos comandos e comentários, que fui conhecendo ao longo da minha experiência com o Windows, em diversas fontes, como a própria vida e a ajuda do Windows, fóruns, sites de dicas.

Certamente, você conhece vários dos comandos que citarei, mas muitas pessoas podem não conhecer todos (e éclaro, eu estou longe de conhecer todos). A base aqui será o Windows XP, o mais usado atualmente – e por muito tempo por aqui, até a efetiva migração dos usuários do Windows para o Vista.

Alguns comandos valem também nas versões 9x/Me, mas nesse texto não há a idéia de suportá-las; a maioria é referente ao Windows 2000 ou superior.


Personalizando o prompt, para deixá-lo mais amigável avocê, e dicas básicas


Abrindo uma sessão dele ("Iniciar > Executar > cmd") e clicando com o botão direito na barra de títulos, você pode configurar opções padrões para ele. Escolha "Padrões" no menu pop-up da barra de título, para definir as opções que serão válidas para todas as janelas do prompt.

Na aba "Opções" você pode escolher o tamanho do cursor, quantidade de itens no histórico decomandos e modos de edição, inclusive desativar o modo "Insert", que por padrão, "come" as letras ao digitar sobre outras. Na aba "Fonte", defina não necessariamente a fonte (ele suporta poucas, as "fontes de varredura"), mas sim o número de linhas e colunas da janela. Você pode, na aba "Layout" escolher a posição padrão da janela (uma distância fixa da esquerda e da parte superior da tela), e na aba"Cores", alterar as cores (trocando o fundo preto, por exemplo).

Todo mundo sabe, todavia, não custa lembrar:

• Tecle [ALT] esquerda + [ENTER] para alternar entre o modo tela cheia e janela. Vale também para programas que se abrem em tela cheia no ambiente de simulação do MS-DOS, como muitos jogos e programas de controle. Neste caso, normalmente a janela será minimizada, exibindo a áreade trabalho, e o programa, pausado (sim, "pausado", diferentemente de minimizado, como ao minimizar uma janela... Estando minimizado, o programa no simulador de MS-DOS não estará sendo processado, por exemplo, um jogo ficará pardo até que a janela dele seja ativa novamente). Se algum programa modificou as configurações e o prompt sempre se abre em tela cheia ao ser chamado por outros programas,você pode alterar para a exibição em janela por padrão, na aba "Opções" da tela de opções comentada.

• Ao digitar um nome de arquivo, tecle [TAB] para completá-lo. Os nomes dos arquivos e pastas da pasta atual serão alternados, conforme você for teclando [TAB]. Para escolher um arquivo, apenas continue digitando o que você digitaria depois do nome dele, já preenchido. [TAB] avança entre osarquivos, e [SHIFT] + [TAB] volta na lista, "avançando para trás", útil em pastas que tenham muitos arquivos e subpastas :) Se você se arrepender de ter teclado [TAB] para completar um nome de arquivo e quiser continuar manualmente, simplesmente tecle [ESC].

• Nomes de arquivos com espaços? Nunca se esqueça de colocá-los entre aspas! Os espaços são separadores de parâmetros, passar nomes de...
tracking img