Modelos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1105 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
USO DE ÁLCOOL NA ADOLESCÊNCIA



TEXTO I



O adolescente encontra todas as portas abertas para o álcool. Quase nenhum bar restringe a venda de bebidas alcoólicas a menores de 18 anos, como determinam o Estatuto da Criança e do Adolescente e o Código Penal.

Segundo o psiquiatra Ronaldo Laranjeira, presidente da Abead (Associação Brasileira de Estudos do Álcoole outras Drogas), quanto mais cedo for o contato da criança com o álcool, mais rapidamente ela tende a se tornar um dependente. Enquanto o adulto demora em média cinco anos para se viciar, a criança ou o adolescente só precisa de dois, diz Laranjeira.

(Folha de São Paulo, 07/09/2003)





TEXTO IIInfluência Familiar



A influência da família é fator determinante, como explica o psicólogo Gilberto Ferreira, mestre pela Pontifícia Universidade Católica (PUC) e o doutor pela Universidade de São Paulo (USP). “A criança começa a observar o comportamento dos pais desde muito cedo, e com isso percebe que situações de alegria e prazer estão relacionadas ao consumo deálcool. No decorrer de sua vida, repetirá esse comportamento, relacionando-o sempre às situações de descontração, desafio e coragem, nunca a um vício.”

Além dessa influência, outros fatores podem levar ao consumo abusivo do álcool, como nos revela a psicóloga Sonia Regina Solano Paes Breda, do Centro Terapêutico Viva, um centro de recuperação de dependentes químicos. “Curiosidade latente,aceitação em um grupo de amigos, diversão, liberdade, desafio e autonomia dos pais são fatores determinantes. Logo esse hábito de beber para se alegrar e descontrair acaba virando o motivo maior de sua felicidade e até se tornando um refúgio para seus problemas.”









TEXTO III



Não importa a classe ou o sexo. A droga vem se aproximando mesmo da infância. Numpassado recente, o jovem debutava no mundo das drogas aos 14 anos; hoje, aos 11 anos. Isso não significa que todos esses jovens evoluam para a dependência, assim como nem todo adolescente que usa drogas está envolvido com o tráfico. “Os mais vulneráveis são aqueles oriundos de famílias cujos limites não são claros”, analisa o psiquiatra carioca Luiz Alberto Pinheiro de Freitas. A ausência do “não”na vida desses jovens cria uma espécie de ideal maníaco pela felicidade eterna e ininterrupta.

A Unesco confirma esse diagnóstico: 63% dos alunos ouvidos responderam que usam drogas para anestesiar as dificuldades.

Segundo a pesquisa da Unesco, o consumo de drogas entre as meninas é 30% inferior ao dos meninos estudantes.

Além de problemas familiares, o modismo e a necessidadede auto-afirmação são apontados pelos jovens como motivações importantes para iniciarem-se nas drogas.

(Isto é, 25/06/03)





TEXTO IV

Aos 12 anos de idade, quase 13% dos estudantes brasileiros já usaram algum tipo de droga ilícita pelo menos uma vez, e 7% experimentaram cigarros.Mas a droga que ainda faz mais sucesso entre os jovens brasileiros continua a ser o álcool. O quinto levantamento nacional sobre consumo de drogas entre estudantes, preparado pela Secretaria Nacional Antidrogas (Senad), mostrou que, dos 48.155 jovens que participaram da pesquisa, 41% já tinham usado bebidas alcoólicas entre os 10 e os 12 anos. Aos 18 anos, 81% deles já haviam bebido.

O álcooltambém é a droga de uso mais freqüente entre os jovens e foi considerado pelos pesquisadores um "grande problema de saúde pública". Entre os entrevistados, 11,7% afirmaram que faziam uso freqüente de bebidas alcoólicas - no mínimo seis vezes por mês - e 6,7%, uso pesado (pelo menos 20 dias por mês).



(Agência...
tracking img