Modelando as falhas do fracasso de mercado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2018 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADES CATHEDRAL
CURSO DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO

NOME DO ALUNO

MODELANDO AS FALHAS DO FRACASSO DE MERCADO

Quando consideramos o fluxo circular no contexto mais amplo no modelo de balanço de matérias, nos conscientizamos de como a atividade econômica gera resíduos que podem danificar os recursos naturais, e um caso a apontar é a persistência da poluição gerando assim a primeira falhade mercado que distorce o modelo clássico de mercado.

Neste trabalho iremos entender melhor as falhas de mercado no contexto de problemas ambientais devido a ausência das intervenções, das externalidades e de quem cabe o direito e o papel de nas falhas de mercado ambiental.

O funcionamento de um sistema de mercado se fundamenta em um conjunto de regras, onde se compram e vendem bens eserviços e também fatores de produção. A quantidade demandada por um bem não depende unicamente do preço do bem em consideração, mas de diversos outros fatores, como, por exemplo, preferências do consumidor, preço de outros bens que possam vir a ser substitutos, renda disponível, etc. A quantidade ofertada de um bem também depende de vários fatores, tais como tecnologia disponível, preço dos fatores deprodução, subsídios, impostos, preço do próprio bem, etc.

SISTEMAS ECONÔMICOS
Em toda comunidade organizada, mesclam-se, em maior ou menor medida, os mercados e a atividade dos governos. O grau de concorrência dos mercados é variado, indo do monopólio, em que apenas uma empresa opera, à economia de livre mercado, que apresenta uma verdadeira concorrência, com várias empresas operando. O mesmoocorre quanto à intervenção pública, que engloba desde uma intervenção mínima em impostos, crédito, contratos e subsídios até o controle dos salários e os preços dos sistemas de políticas economias, ambientais e sociais.
As principais diferenças entre a organização econômica centralizada e a capitalista reside em quem é o proprietário das fábricas, fazendas e outras empresas, assim como osdiferentes pontos de vista sobre a distribuição da renda ou a forma de estabelecer os preços. Em quase todos os países capitalistas, uma parte importante do produto nacional bruto (PNB) é produzida pelas empresas privadas, pelos agricultores e pelas instituições não governamentais, como universidades e hospitais particulares, cooperativas e fundações. Os problemas mais importantes enfrentados pelocapitalismo são o desemprego, a inflação e as injustas desigualdades econômicas. Os problemas mais graves das economias centralizadas são o subemprego, o maciço emprego informal, o racionamento, a burocracia e a escassez de bens de consumo.
Em uma situação intermediária entre a economia centralizada e a economia de livre mercado, encontram-se os países social-democratas ou liberal-socialistas. Aatividade econômica recai, em sua maior parte, sobre o setor privado, mas o setor público regula essa atividade, intervindo para proteger os trabalhadores e redistribuir a renda. É a chamada economia mista.

TEORIA DAS FINANÇAS PÚBLICAS
De uma forma geral, a teoria das finanças públicas gira em torno da existência das falhas de mercado que tornam necessária a presença do governo, o estudo dasfunções do governo, da teoria da tributação e do gasto público.
As falhas de mercado: é o resultado de uma condição de mercado ineficiente são fenômenos que impedem que a economia alcance o ótimo de Pareto, ou seja, o estágio de welfare economics, ou estado de bem estar social através do livre mercado, sem interferência do governo estas incluem:
a. Existência dos bens públicos: bens que sãoconsumidos por diversas pessoas ao mesmo tempo (ex. rua). Os bens públicos são de consumo indivisível e não-excludente e não-rival no consumo de seus benefícios. Assim, uma pessoa adquirindo um bem público não tira o direito de outra adquirí-lo também;
b. Existência de monopólios naturais: monopólios que tendem a surgir devido ao ganho de escala que o setor oferece (ex. água, energia). O governo...
tracking img