Micro empreendedor individual

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1138 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Micro Empreendedor Individual

Hoje no Brasil ,o micro empreendedor individual vem conquistando cada vez mais seu espaço. A a criação da figura do empreendedor individual através da lei geral da micro e pequenas empresas, a lei complementar 128 de 19 de dezembro de 2008, tendo como principal objetivo incentivar que os pequenos negócios e de lucratividade reduzida saiam da informalidade, trouxeuma grande conquista a muitos brasileiros que lutavam e lutam contra o desafio histórico de enfrentar uma herança de injustiça social que exclui parte significativa da população do pais privando os ao acesso a condições mínimas de cidadania e dignidade.
Muitas histórias de luta, ação e superação figuram o cenário brasileiro a partir do momento em que aqueles que trabalhavam na informalidadeadquiriram o direito de trabalhar como profissional legalizado, com CNPJ, nota fiscal, acesso mais facilitado a empréstimos bancários e inúmeros outros benefícios. Um projeto que veio com intuito de oferecer aos trabalhadores brasileiros que tem um negócio individual a chance de se tornarem micro empreendedores individuais com acesso a muitos benefícios e a cidadania pela conquista de ter seu próprionegócio legalizado.
Muitos destes permaneceram por muito tempo na informalidade, não tendo condições financeiras para legalizar o seu negócio, ou até mesmo por falta de interesse,o alto custo que teriam que arcar, toda a burocracia que viriam a enfrentar e ainda o pagamento de impostos, o que financeiramente prejudicaria a muitos.
O Crescimento do empreendedorismo no Brasil tem contribuídonão só para a saída da informalidade, mas também tem contribuído muito para fomentar a economia brasileira promovendo cada vez mais a dignidade e a cidadania.
Desde a criação da figura do micro empreendedor individual, cada vez mais vem crescendo o numero de empresários individuais, já existe cerca de 2,5 milhões de empreendedores formalizados. Por meio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro ePequenas Empresas(SEBRAE) estes empreendedores encontram o apoio necessário que precisam para melhor gerir o seu negócio, com ferramentas disponíveis e gratuitas aos usuários o SEBRAE promove o incentivo, a manutenção e o crescimento dos pequenos negócios.
Pesquisa realizada por meio de acesso aos bancos de dados da Receita Federal e consulta aos micro empreendedores individuais revela que desdea formalização do MEI em julho de 2009, houve intensa mobilização de legalização e registro de empreendedores individuais. A maneira fácil, rápida e sem burocracia de realizar o cadastro para sair da informalidade contribui para que muitos aderissem a nova lei, está mesma pesquisa revelou ainda que houve mais registro de MEI nas áreas onde haviam menos micro e pequenas empresas registradas.
Oresultado dos impactos trazidos com a formalização no desempenho do negócio se mostrou favorável, dentre eles pode-se citar um aumento no faturamento, aumento nos investimentos, maior controle financeiro e o aumento nas vendas para outras empresas, também aumentaram o número total de MEI que tiveram sucesso na obtenção de empréstimo bancário.
De certa forma o MEI também trouxe benefícios para osbancos, principalmente as instituições publicas que agora contam com um novo público para ofertar suas linhas de creditos, de forma mais facilitada e prática. A implantação do MEI trouxe também melhoria no nível de escolaridade dos empreendedores, com isso houve aumento na sustentabilidade do investimento.
Com a implantação do MEI a participação feminina tornou-se mais expressiva, principalmente noramo da industria, o que inclui confecções de bijuterias, massas, pães, doces e outros. Uma mudança interessante na vida de muitas brasileiras que antes atuavam na informalidade sem direito algum e agora contribuindo pouco podem gozar de benefícios previdenciários como aposentadoria por idade, aposentadoria por invalidez, auxilio doença, salário maternidade, pensão por morte para a família...
tracking img