Micoses microbiologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1627 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MICOLOGIA

MICOSES EM HUMANOS E ANIMAIS

Prof. Nascimento

 MAIS DE 250 MIL sp. DE FUNGOS CONHECIDAS

 100 sp. SÃO PATOGÊNICAS (20 gen.)  MICOSES:
Superficiais Dermatomicoses ou dermatofitoses (cutâneas) Subcutâneas

Sistêmicas Oportunistas  Micetismo: cogumelos venenosos, Claviceps purpurea
 Micotoxicose: aflatoxinas, ocratoxinas etc.

DIMORFISMO

Hifas e Micélio

Leveduras MICOSES SUPERFICIAIS
Pitiríase versicolor Tinea nigra Piedra branca Piedra negra

ASPECTOS CLÍNICOS
Pitiríase versicolor (Malassezia furfur)

Manchas hipor e hiperpigmentadas, descamativas e prurido discreto

Microscopia
Microscopia: Leveduras, hifas curtas e tortuosas

Isolamento: Sabouraud + azeite de oliva (35oC / 3-6 dias)
KOH 20%

Agente etiológico: Malassezia furfur

MICOSES CUTÂNEASDERMATOMICOSE OU DERMATOFITOSE

TIPOS DE DERMATOMICOSES

Tinea

Dermatofitíase

Onicomicose

DERMATÓFITOS

CLASSIFICAÇÃO QUANTO AO HABITAT  Geofílicos  Zoofílicos Antropofílicos

Direto

Cultura

Trichophyton

Microsporum

Pêlos

Pêlos: lesão secundária (Bulbo pilar)

ZOONOSE

Classificação:

Les teignes
Francesa

Inglesa Tinea capitis
Tinea corporis Tinea unguium Tinea pedis Tinea crurisTinea barbae

Tinea Epidermofitíases
Onicomicoses

TÍNEAS
Tonsurante Crianças (4-10 anos), descamação e alopecia, cura espontânea.

Supurativa (Quérion de Celse)

Placas escamosas, inflamação, edema, secreção purulenta, alopecia, gotas de pus do orifício piloso.

Favosa escútulas de godet

Gotas de líquido seroso, agrupamento de hifas, odor a urina de rato, alopecia, foliculite intensa. TÍNEA FAVOSA (Escútula de Godet)

T. Schoenleinii

Epidermofitíases:

Herpes circinada

Lesão superficial na pele glabra, inflamatória, elevada, causada por pelos 3 generos

Herpes circinada: formação de pápulas (vesículas), com descamação central, com ou sem resposta inflamatória evidente.

Região inguinal e interglútea
“Eczema marginado de Hebra”

Epidermophyton floccosum
Micro epidemias:escolas, quartel, famílias, academias...

Lesões interdigitoplantares e palmares
(pé-de-atleta, frieira)

Tinea imbricata ou Tokelau:

•Comum na Ilha da Polinesia e Amazônia •Círculos escamosos concêntricos, hiperqueratose
Trichophyton concentricum

Onicomicose (Tinea unguium)

Trichophyton rubrum Acomete a porção distal do leito ungueal, especialmente após traumas, causando onixis e nãoperionix. Unha opaca, espessa, farinácea

Onicomicose subungueal proximal

Onicomicose superficial esbranquiçada

Onicomicose distrófica total

MICOSES SUBCUTÂNEAS
Esporotricose Cromomicose
Actinomicose

Eumicetoma

Zigomicose Rinosporidiose Doença de Jorge Lobo

Esporotricose
(Sporothrix schenckii)

Cutânea linfática

Cutânea localizada

Cutânea linfática facial

Linfática

Esporotricosedisseminada

Esporotricose em animais

DIAGNÓSTICO LABORATORIAL

Exame histopatológico compatível com esporotricose

Homem, 52 anos, agricultor, sofreu queimadura no pé há 7 anos. Lesões cutâneas surgiram após alguns meses de sarada a queimadura, com crescimento em forma de verrugas, atingindo tecidos adjacentes, com dores ao serem pressionadas. Qual a micose? Como foi adquirida?

Há outrasformas (tipos)? Qual o agente? Patogenia?
Microscopia?

Tipos de cromoblastomicose:

Eritêmato-descamativas: placas descamativas

Verrucosa: formação de nodulação, lesões papilomatosas

ASPECTOS CLÍNICOS

Eritêmato escamosa (placas)

Nodular ou verrucosa

DIAGNÓSTICO LABORATORIAL
Direto Cultura

Corpos fumagóides

Agentes: Fonsecaea, Phialophora, Cladosporium, Rhinocladiella, etc.

No Brasil:Fonsecaea pedrosoi

DIAGNÓSTICO LABORATORIAL

Fonsecaea pedrosoi

Rinocladiella aquaspersa

Phialophora verrucosa

Cladosporium carrionii

MICETOMAS
Pele e tecido subcutâneo dos pés (músculos e ossos)
Lesões nodulares, secreção seropurulenta Idade: 20 e 50 anos (homem do campo) Não contagioso

Actinomicótico: cosmopolita
Eumicótico: tropicais e subtropicais

ETIOLOGIA
Actinomicose...
tracking img