Mitos sobre o desenho

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3082 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TRÊS MITOS SOBRE O DESENHO
Fátima de Cássia Teixeira Soares Prof. Flavio Fernando Ribeiro dos Santos Centro Universitário Leonardo da Vinci - UNIASSELVI Artes Visuais (ART0019) – Prática do Módulo IV 19/10/11

RESUMO Os três Mitos sobre o desenho evidenciam o significado do desenho inicialmente e os mitos na construção do desenho. Esta descrição teórica objetiva uma reflexão acerca dassuposições préconcebidas sobre o desenho.Na analise efetuada a partir de alguns textos escolhidos aleatoriamente. Entendemos que o desenho é uma habilidade de expressão gráfica natural do ser humano, desenvolvendo-se nas fases seguintes de sua existência. Por fim, o desenho não é somente uma especificidade do artista, pois todo mundo pode aprender a desenhar.

Palavras - chave: Desenho; Mito; Realidades;Habilidades

1 INTRODUÇÃO Nesta pesquisa serão apresentados conceitos da expressão gráfica inata ao homem, o desenho. Também serão analisadas supostas idéias sobre a construção do desenho. Tem o intuito de elucidar o significado do desenho e analisar os mitos sobre a construção do desenho. A escolha do tema “Três mitos sobre o desenho” deve-se as duvidas estabelecida em relação ao desenho. Noentanto, para atingir os objetivos a que proponho, este trabalho foi dividido nos seguintes tópicos: 1- O desenho, 2- Mitos sobre o desenho, com seus subtítulos – Desenhar não é um dom, Nem todo mundo sabe desenhar e O desenho estrutural e de abstração pura não possuem significado. 2 O DESENHO O desenho é o primeiro registro que fica historicamente gravado no papel. Ele comunica assim como a fala,o jogo e a escrita. Ao desenhar expressamos nossos conhecimentos e experiências, mostrando nossa percepção de mundo de modo singular.

2

Desenhar é, antes de tudo, na prática, esboçar ou registrar uma idéia apenas com lápis e papel. Idéia esta que, uma vez registrada, será uma útil ferramenta na comunicação entre pessoas. Inclusive entre aquelas de diferentes lugares, origens e estimula odiálogo valores. A expressão artística através do desenho como forma de exteriorizar e comunicar atravessa toda a história do homem em todas as culturas. Desenhar é uma habilidade que pode ser desenvolvida através de uma seqüência progressiva de exercícios orientados, ou seja, de um treinamento dirigido. Saber empregar a linguagem do desenho significa ser capaz de se comunicar através destalinguagem, que é, simultaneamente, o meio de desenvolvimento do pensamento visual e sua possibilidade de expressão. O desenho não precisa ter qualidade artística para ser simplesmente correto e eficiente. O desenho pode ser concebido como uma linguagem não verbal, uma forma de expressão, de comunicação pelo homem, um registro, uma representação. Derdyk afirma que o desenho
[...] enquanto linguagemrequisita uma postura global. Desenhar não é copiar formas, figuras, não é simplesmente proporção, escala. A visão parcial de um objeto nos revelará um conhecimento parcial desse mesmo objeto. Desenhar objetos, pessoas, situações, animais, emoções, idéias são tentativas de aproximação com o mundo. Desenhar é conhecer, é apropriar-se. [...] A agilidade e a transitoriedade natural do desenho acompanha aflexibilidade e a rapidez mental, numa interação entre os sentidos, a percepção e o pensamento (DERDYK, 1989, p.24).

Desenho é uma forma de manifestação da arte, o artista transfere para o papel imagens e criações da sua imaginação. É basicamente uma composição bidimensional (algo que tem duas dimensões) constituída por linhas, pontos e forma. É diferente da pintura e da gravura em relação àtécnica e o objetivo para o qual é criado. O desenho é utilizado nos mais diversos segmentos profissionais, tornando a arte diversificada a diferentes contextos. O rabisco não é nada, o risco – o traço – é tudo. O risco tem carga, é desenho com determinada intenção – é o “design”. Trêmulo ou firme, esta carga é o que importa. Portinari costumava dar como exemplo a assinatura, feita com esforço,...
tracking img