Meu primeiro livro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (710 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Capítulo I
Com os cabelos em tom de loiro platinado, em um corte de cabelo moderno, e a barba por fazer que misturava com um olhar ingênuo, e um corpo invejável , era com esses adjetivos que Danielchamava atenção de todas meninas da faculdade. No que de principio parecia ser só para provocar, ele inconscientemente fazia meu olhar persegui-lo sem perder um detalhe sequer de seus passos emovimentos. Nesse momento eu achava estar sendo levado por um sentimento bizarro que nunca tinha me ocorrido antes, por um outro cara, e logo o Daniel , que eu respeitava tanto , aquilo me fazia engolirseco, fazia de mim uma aberração, e depois de tudo que aprendi na vida até esse momento algo dizia na minha mente que eu estava errado, e mesmo com todo esse turbilhão na minha cabeça ,ele me faziasentir que tudo era normal , mas lá no fundo ainda tinha um medo , que alguém notasse que eu estava intencionalmente ali esperando na escada só pra vê-lo, Quando no relógio eram 7:00 o professorAgra, que eu havia conhecido primeiramente na minha chegada na faculdade, um cara culto e extrovertido, foi se aproximando da sala para iniciar a aula , e ali estava eu , sem fazer qualquer um queestivesse a minha volta desconfiar da minha espera por Daniel subir as escadas e passar pela porta e sentar ao meu lado, sim, sentar ao meu lado, esse era minha vontade incontrolável , que mesmo jápassado 3 meses , eu esperava esse momento se repertir como no primeiro dia, quando ele chegou confuso e estava perdido ali sem saber mesmo o que fazer , foi quando o conheci , e ouvi sua voz pelaprimeira vez quando ele apertou minha mão e começou a se apresentar:
- Tudo bom cara, prazer sou Daniel estou chegando essa semana na cidade e estou entrando agora nas aulas, você pode me emprestar seucaderno com as matérias passadas?
E diante daquela estranha situação, respondi com poucas palavras:
- Eu sou o Marcos, te empresto sim, sem problema.
Achei que era indispensável responder falando...
tracking img