Resenha do livro primeiro de os miseráveis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1779 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BRUNO WILLIAN DE MARCO

TRABALHO DE PRÁTICAS CURRICULARES:
RESENHA DO LIVRO PRIMEIRO DA PARTE UM DE “OS MISERÁVEIS” DE VICTOR HUGO

Centro Universitário Amparense
Amparo
2011

A obra Os Miseráveis de Victor Hugo (1802-1885), da qual será aqui analisado o primeiro livro, Um Justo, da Parte Um, Fantine, é de longe a obra prima desse escritor francês. Escrita no curso de mais de vinteanos, não continuamente, mas interrompido diversas vezes durante todo esse tempo. O livro foi publicado em 1862, mas nessa pequena crítica utilizou-se a versão em volume único publicada pela Cosacnaify em 2002, tendo a obra sido traduzida por Frederico Ozanam Pessoa de Barros.
Prossegue-se, então, a resenha crítica.
Neste primeiro livro, Hugo apresenta aos leitores o Sr. Myriel, o Dom Bienvenu,que terá uma importância fundamental no romance. Ele será o fator primordial que guará os caminhos do herói, Jean Valjean. Quando vê-se esse homem, assaz idoso, desde o primeiro momento pode-se notar, claro que tal não é incrível sendo o autor bastante católico, ser ele uma espécie de personificação do Cristo. Nesse primeiro passo, conhece-se brevemente seu passado antes de tornar-se padre, quepouco, pelo que Hugo nos narra, influiu no Bispo futuro. No entanto, nesteas primeiras passagens a sabedoria do Sr. Charles Myriel nos é demonstrada quando do seu breve encontro com o Imperador Bonaparte. Nisto, há sua transição de simples vigário em Brignolles para Bispo de Digne. Parando neste ponto por um passageiro momento pode-se sugerir uma ideia, não despropositada, que, talvez, Hugopretendesse nos primórdios do romance conceder uma fração maior da estória ao Bispo.
Mas tal pode apenas ser inferido pelo desejo que os leitores da obra tomam de conhecer e aprender sobre esse grande homem. Esse é um fugaz pensamento, pois avançando na leitura perceber-se-á que este santo, o Justo, está presente no mesmo Jean Valjean! Não é errado supor que o Sr. Myriel e as várias faces de JeanValjean habitam o mesmo corpo. Apenas desse modo porde o leitor sentir-se plenamente satisfeito pelo curto contato que teve com o Sr. Bispo de Digne.
Sem mais delongas, prossegue-se e chega-se aonde contempla-se o braço direito, a irmã do Bispo, e o esquerdo, sua fiel criada. É preciso ver que essas duas personagens são também partes, inseparáveis, da humanidade do Sr. Myriel. Pois caso nãoexistissem seria provável que fosse visto não como servo de Cristo, mas como o próprio filho de Deus! Adiante, nota-se que são elas que incitam o Bispo a demonstrar seu lado vulgar, isto é, como um homem como outro qualquer. Conclui-se que a Srta. Baptistine e Mme. Magloire são um todo com o Sr. Myriel, adornando um tanto mais a bondosa, santa e humana figura do Bispo de Digne.
É interessante notarquão afastado mentalmente ele está dos demais, basta ver como tratou do seu “ordenado”. Aqueles 15000 francos foram bem dividos, tudo o que poder-se-ia esperar de um coração caridoso e justo como o do Sr. Myriel. Aqui, Hugo exibe mais ainda a justeza de todas as ações desse santo senhor, isto é tão mais verdade com a veneração de sua irmã, a Srta. Baptistine, algo não tão comum nos nossos e naquelesdias; enfim, como não chamar venerável tal homem? Desfez-se do palácio a que tinha direito, para o bem daqueles hospitalizados, cujo direito baseava-se na justiça e no que é correto.
Nota-se quão ágeis, nas passagens seguintes, aqueles de nobre sangue, de mais posses, foram mostrar as suas garras e avançar ferozmento contra o caro Bispo, quando da sua requisição de uma quantia que pudessecustear suas viagens pelas terras concernentes à sua diocese. Hugo novamente faz o Bispo combater o falatório com mais um ato justo, assim há a divisão dos 3000 francos para outras necessidades que aos seus olhos tinham mais importância que as suas próprias. Como não podia deixar de ser, logo a fama do Bispo espalhou-se e, então, recebeu ele a alcunha de Dom Bienvenu, algo realmente certo.
Assim,...
tracking img