Melanie klein

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2220 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
AULA 1 – Melanie Klein

1 – No slide 9 diga se as fantasias que surgem serão de um objeto bom/de amor ou de um objeto mau, perseguidor.
As fantasias inconscientes podem ser de diferentes naturezas e isso as leva a ocorrer de modos determinados ou específicos nas suas relações com a realidade externa. No EX1 do slide 9, o bebê ataca o seio de sua mãe e o incorpora, ao mesmo tempo como destruídoe como destrutivo, objeto perseguidor. No EX2 o bebê introjeta um seio amado e amoroso ideal, objeto bom.
• A apresentação do seio não garante a introjeção de objeto bom e a não apresentação do seio também não determina a introjeção de objeto mau.

2 – As fantasias influenciam a realidade, explique.
Sim, influencia a realidade porque apartir dela, se estrutura o aparelho psíquico,determinando o modo como o sujeito se relaciona com o objeto. Dessa maneira, a fantasia pode se antecipar à realidade, satisfazendo os desejos ou antecipando as frustrações.

3 – Como as fantasias são usadas como defesa?
Quando o indivíduo produz uma fantasia de satisfação de desejo, ele evita a frustração e o reconhecimento da realidade externa, e também se defende da realidade interna, de sua fome eraiva.Além disso, as fantasias podem ser usadas como defesas contra outras fantasias. Exemplo: fantasia de um eu que contém o objeto ideal.

4 – Como as fantasias influenciam a estrutura da personalidade?
A estrutura da personalidade é amplamente determinada pelas mais permanentes fantasias (representante psíquico dos instintos de pulsão de vida e de morte) que o ego tem sobre sí mesmo e sobre osobjetos que contém.

5 – Existe uma relação entre a fantasia e as funções mentais? Se sim, qual?
Sim, até que o teste da realidade e os processos de pensamento estejam bem estabelecidos, a fantasia preenche, na vida mental primitiva, algumas das funções posteriormente assumidos pelo pensar.

AULA 2 – Melanie Klein

1 – Como funciona a divisão?
Quando o bebê não suporta o amor/ódio namesma pessoa.
O ego imaturo do bebê é exposto desde o começo à ansiedade provocada pela polaridade inata dos instintos, e também ao impacto da realidade externa que tanto produz ansiedade, como o trauma do nascimento. A divisão acontece quando o ego confrontado com a ansiedade produzida pela pulsão de morte, deflete, parte em projeção, e outra em agressividade, Projeta essa sua parte que contém oinstinto de morte para fora, no objeto externo original – o seio . O seio ideal (bom) e o seio persecutório (mau).
• Segundo Melanie Klein a defesa primordial é a clivagem, o seio é o objeto primordial e será dividido em seio bom e seio mau, ou num bom objeto que o bebê possui e num mau objeto que está ausente, como mãe nunca está sempre presente na vida bebê para amamentá-lo ela se torna ausentee o bebê com isso inaugura o processo de clivagem em sua subjetividade. Ele percebe o seio como “bom” porque o amamenta e como “mau” porque se ausenta. Como se percebeu, o bebê nessa fase se relaciona com objetos parciais, o seio bom e mau, um objeto ideal e outro persecutório. Porém, o objeto mau é projetado para fora do bebê como sendo perseguidores e destruidores do objeto bom. Nessa fase vemosa existência de uma angústia persecutória, então a meta da criança nessa fase é de possuir o objeto bom e introjetá-lo e também de projetar o objeto mau para fora e assim evitar os impulsos destrutivos.

2 – Explique o mecanismo de identificação introjetiva.
A partir da projeção original do instinto de morte, desenvolve-se outro mecanismo de defesa, a identificação projetiva. Na IP, partes doeu (self) e objetos internos são expelidos e projetados no objeto externo, o qual então se torna possúído e controlado pelas partes projetadas, indentificando-se com elas. Pode ser dirigida ao objeto mau afim de obter controle sobre a fonte do perigo. A IP inicia-se quando a posição isquizo-paranóide é primeiramente estabelecida em relação ao seio. Persiste e se intensifica quando a mãe é...
tracking img