Meios de cultura

SENAI – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial

Centro de Educação e Tecnologia de CAPINZAL

PRONATEC-TÉCNICO DE ALIMENTOS








FRANCIELE MARTINS KERBER
IANARA VALDIRENECERVELIN
LARISSA REGNER TEIXEIRA
REGINA CARNIEL SÔNEGO






Análise da Ação de Agentes Anti-Sépticos sobre a Microbiota das Mãos e Swabs de SuperfíciesCapinzal – SC

2012
1. INTRODUÇÃO


As mãos constituem um dos elos mais importantes na cadeia da infecção cruzada. A quantidade de microrganismos constituintes da microbiota normal da peledeve ser reduzida, assim como possíveis microrganismos patogênicos presentes devem ser eliminados. A maioria das bactérias cresce em meios de cultura, as exceções são as Ricketsias, Clamídias,Mycobacterium Leprae e Treponema, que são parasitos intracelulares obrigatórios. Toda a manipulação realizada em laboratório (com meios, cultura e material utilizado) requer certos cuidados para evitar acontaminação.
Esses procedimentos são denominados técnicas assépticas. Uma limpeza da pele, com um agente antisséptico adequado, tem a finalidade de impedir que microrganismos sejam introduzidosem nosso corpo, Pode - se, então, ressaltar a importância do procedimento asséptico nas rotinas de uma clínica médica, bem como mostrar que o profissional desta área da saúde deve ter extremo cuidadocom a utilização das técnicas.
Assépticas, de modo a evitar que ocorra contaminação pela microbiota da pele. Desta maneira pode-se verificar a eficácia da redução de microrganismos após a assepsia,com água, detergente, álcool 70%, álcool iodado, bem como comparar a quantificação da microbiota normal antes e após a assepsia em determinada área.
Além disso, é de suma importância a presença datécnica do swabs.
O “swab” é um bastonete de madeira contendo algodão na extremidade. A técnica consiste na remoção dos microrganismos de uma área delimitada na superfície por “swabs” estéreis. O...