Medicina alternativa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 39 (9531 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO

O presente trabalho explora pontos importantes sobre a medicina alternativa; Uma breve história da aceitação dela atualmente, bem como alguns métodos mais conhecidos e utilizados. Com ênfase nos princípios fundamentais da saúde e da boa conservação da vida.

Palavras-chave: Medicina Alternativa. Tratamentos. Saúde.

SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 5

1 - O QUE É MEDICINA ALTERNATIVA 62 - PRÓS E CONTRAS DA MEDICINA ALTERNATIVA 8

3 - ALGUNS MÉTODOS E TRATAMENTOS UTILIZADOS 10
3.1 - Iridologia 10
3.1.1 - O que é e em quem se baseia 10
3.1.2 - Alimentação equilibrada como forma de Prevenção 11
3.1.3 - Geoterapia - O que é e em que se aplica 12
3.1.4 - Histórico sobre a técnica Hidroterápica 13
3.1.5 - A milenar história dos Fitoterápicos 133.1.5.1 - A Fitoterapia na Atualidade 14
3.2 - Terapias Orientais 15
3.2.1 - Florais de Bach 15
3.2.2 - Reiki - Cura através da Energização 16
3.2.3 - Yoga 17
3.3 - Terapia Corporal 18
3.3.1 - Acumpuntura 18
3.3.2 - Massoterapia 20
3.3.3 - Quiropraxia 21
3.3.4 - Ortomolecular 23
3.4 - Terapias Gerais mais Usadas Atualmente 25
3.4.1 - Homeopatia 253.4.2 - Aromaterapia 26
3.4.3 - Cromoterapia 27
3.4.4 - Musicoterapia 29
3.4.5 - Mantras 30

4 - A ACEITAÇÃO DA M.A. POR PARTE DE PROFISSIONAIS DA SAÚDE 32

CONCLUSÃO 34

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 36

INTRODUÇÃO

A medicina alternativa ensina que a doença é produto da atitude que tomamos em relação ao nosso corpo. À volta a normalidade seria obtida espontaneamente pelaadoção de uma maneira saudável de viver. Cada caso é um caso, mas a regra geral é que a cura só é conquistada pelo próprio corpo quando é desimpedido o caminho deixando-o agir. Muitas vezes, as pessoas buscam obstáculos à cura, ingerindo alimentos que “entopem” os canais da vida, cultivando na cabeça um viveiro de ansiedade e usando drogas para suprimir sintomas que acabam destroçando as defesas.A pesquisa busca demonstrar que dentro de pouco tempo, o que agora chamamos de “alternativa da medicina”, será o próprio meio da humanidade sobreviver. (Segundo www.geocities.com/quackwatch/altbraid.html em 10/10/2004)
Como o tema é bastante extenso e abrangente, se subdividiu o trabalho em quatro partes à saber: Iridologia, Terapias Orientais, Terapias Corporais e Terapias Gerais mais usadasatualmente no Brasil.
Também o estudo aborda a história e os métodos aplicativos de cada uma das partes.
A metodologia utilizada para o desenvolvimento do trabalho será a pesquisa científica, com ênfase nas obras e no pensamento dos autores sobre o tema.

1 O QUE É MEDICINA ALTERNATIVA

Reza um provérbio chinês que “o início da sabedoria está em chamar as coisas pelos seus nomes corretos”.Para determinar se a medicina alternativa é ciência ou charlatanismo, é preciso defini-la com cuidado. O Dicionário Webster define “alternativa” como “escolha entre duas ou mais coisas, das quais apenas uma pode ser escolhida”. Atormentados por casos em que pacientes foram desviados de terapias salvadoras, alguns alternativistas adotaram o termo “complementar”, que soa mais benigno e é definidopelo Webster como “que serve para preencher ou completar” e “que supre a deficiência de outro” (Siqueira, p.21, s/d)
Para Medicina alternativa, ainda tem-se outras denominações como naturalismo, que é diferente do naturismo (prática de nudismo).
Naturismo, segundo o dicionário (Webster, 2000), utiliza o emprego dos agentes naturais para conservar a saúde e curar as enfermidades. Não há nada maisnobre, mais majestoso nem mais perfeitamente estético que a forma humana. Constitui a admiração do mundo inteiro. Ainda que o mais intrincado e delicado em sua construção, cada órgão possui um ajuste tão perfeito que desempenha suas funções com inexplicável exatidão e inteligência, o qual é verdadeiramente maravilhoso. O corpo humano é objeto de estudo ao alcance da mente humana.
O Naturismo...
tracking img