Maus tratos ao idoso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1379 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
4
1- Tema:
Maus Tratos ao Idoso


2 – Problematização:
- O que vem ocasionando o crescimento de maus tratos à pessoa idosa?
Por que vem ocorrendo à omissão da família em maus tratos ao idoso?

3 – Delimitação do objeto de pesquisa:

- Apresentar a sociedade de modo geral em relação ao crescente índice de maus tratos a pessoa idosa.

4 –Justificativa:
Os idosos são vítimas dos mais variados tipos de violência, estas violências variam de insultos e agressões físicas perpretadas por familiares e cuidadores, maus tratos em transportes ou instituições públicas e privadas e as decorrentes políticas socioeconômicas que reforçam as desigualdades presentes na sociedade ( violência social).
Os principais causadores dos maus tratos estão dentro decasa, nas instituições asilares ou dos hospitais. Maus tratos é todo ato, único e repetitivo, ou até omissão velada, que pode acontecer com a pessoa idosa, onde ocorrem danos ou incômodo.
Muitos dos idosos são maltratados pela própria família, que é o principal agressor, mandar calar a boca, gritar e ameaçar são alguns dos exemplos de violência física, pode ser expressa tanto pela agressãopropriamente dita, como pelo abuso sexual ou pela violência do marido, também idoso.
Justifica-se que atualmente, uma das formas mais comuns é o abuso financeiro ao idoso, que é exploração imprópria e ilegal ou uso não consentido de seus recursos financeiros. Um outro fato bem comum é o empréstimo por consignação que é descontado do benefício do INSS.5

5 – Objetivos:

5.1 – Objetivo Geral:

- Possibilitar a percepção acerca dos maus tratos nos idosos.
5.2 – Objetivos específicos:
- Explicitar as diferentes formas de maus tratos em idosos.
- Conscientizar as famílias e a sociedade de como agir em maus tratos aos idosos.

6 – Fundamentação teórica:
Os maus tratoscontra os idosos foram descritos pela primeira vez em 1975, em publicações britânicas, e desde então têm sido tema de pesquisas científicas e alvo de ações governamentais em todo mundo, e no Brasil, especificamente, desde a última década. Com o envelhecimento da população mundial, esse tema vem adquirindo mais e mais relevância. De acordo com Wolf et l, o número de idosos em todo mundo deve chegar acerca de 1,2 bilhões, em 2025, e representar 12% da população dos países em desenvolvimento.
A violência contra o idoso pode assumir várias formas e ocorrer em diferentes motivos e é subdiagnosticada subnotificada. Segundo Cammer Paris, entre as causas para o difícil diagnóstico estão: sentimentos pela vítima de culpa e vergonha, medo de retaliação ou represália por parte do agressor e aindareio de ser internada em asilo. A maioria dos casos de violência contra idosos é devido à auto-negligência ou é perpretado por um membro da família, o que se pode explicar porque as vítimas tendem a minimizar a gravidade da agressão e se mostrarem leais ao seu agressor, frequentemente negando-se a adquirir medidas legais contra membros da família ou a discutir sobre esse assunto com terceiros. Elaspreferem conviver com maus tratos a abrir mão de um relacionamento pessoal em suas vidas.
Vários estudos foram realizados na tentativa de determinar quais os fatores associados a maus tratos contra os idosos. História de abuso de álcool ou drogas e de distúrbio psicopatológico no cuidador ou em sua família são fatores de risco bem conhecidos.6
Diminuição de capacidade cognitiva e física e consequentemente uma maior dependência foi considerada inicialmente com fator de risco para a violência contra o idoso, entretanto estudos posteriores mostraram que idosos maltratados não eram mais debilitados que aqueles que não sofriam maus tratos, sendo talvez até mais capazes,...
tracking img